Carille se diz surpreso com ascensão: 'pensei que passaria pela série B'

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Fábio Carille foi efetivado no comando no início do ano, ganhando dois títulos

    Fábio Carille foi efetivado no comando no início do ano, ganhando dois títulos

Vencedor do troféu de melhor técnico no prêmio Bola de Prata, Fábio Carille se diz uma pessoa abençoada. Campeão brasileiro e paulista em 2017, o técnico do Corinthians declarou que não imaginaria sucesso repentino no futebol. O treinador acreditava que teria de rodar por clube menores até ganhar experiência para assumir um time grande.

"Tem hora que eu paro para pensar como tudo começou [do convite para ser técnico do Corinthians no fim do ano passado] Fico repetindo [a história] desde o início, achando que eu poderia ser técnico, mas achando que daria uma volta pela Série B ou interior de São Paulo. Sou abençoado demais", disse o técnico, à ESPN Brasil, durante evento Bola de Prata, nesta segunda.

Foram nove anos atuando como auxiliar técnico do Corinthians. A chance definitiva veio no fim do ano, quando foi efetivado como treinador do time.

Sem muitos recursos para ir ao mercado, o Corinthians montou elenco cuja estrela é o atacante Jô, que vinha de uma fase ruim devido a problemas extracampo. A equipe de Carille cresceu durante o Paulistão, conquistando o título estadual. Em seguida, veio o Brasileirão, com campanha invicta no primeiro turno.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos