Artilheiro, Jô ganha Bola de Ouro como melhor jogador do Brasileirão

Bruno Grossi e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Alex Silva/Estadão Conteúdo

O atacante Jô foi o grande vencedor do tradicional prêmio Bola de Prata, organizado pela ESPN. O jogador do Corinthians, que recebeu troféus como artilheiro e um dos atacantes da seleção do Brasileirão, também foi eleito o melhor jogador do campeonato nacional e recebeu a Bola de Ouro.

Emocionado, o atacante do Corinthians celebrou seu atual momento no futebol, lembrando a mudança de comportamento após largar a bebida.

"Agradeço a minha esposa, meu pai. Difícil, desculpa [Jô começa a chorar]. Comecei com 16 anos e já passei por muitas coisas. Depois que encontrei o caminho de Deus as coisas melhoraram. Não tenho explicação, só tenho a agradecer a Deus, aos meus companheiros e ao Corinthians, que acreditou na minha mudança. Venho de momentos bons na minha carreira. O extracampo era um pouco conturbado. Encontrei o caminho certo e venho colhendo os frutos", declarou.

No prêmio principal, Jô recebeu a Bola de Ouro das mãos do ex-jogador Falcão e dedicou o prêmio à torcida corintiana.

"É uma honra. Cheguei um mês depois dele ter saído do Inter, não tive o prazer de trabalhar com o Falcão. Mas fico feliz de estar recebendo a Bola de Ouro da mão de um ídolo. Agradeço a Deus pelo ano maravilhoso. Fomos felizes, somos merecedores e essa Bola de Ouro vai para a torcida do Corinthians e meus companheiros".

Confira a seleção do Bola de Prata:

Vanderlei (Santos); Fagner (Corinthians), Balbuena (Corinthians), Geromel (Grêmio) e Carleto (Coritiba); Michel (Grêmio), Hernanes (São Paulo), Thiago Neves (Cruzeiro), Luan (Grêmio) e Dudu (Palmeiras); Jô (Corinthians). Técnico: Fabio Carille.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos