Namorado de Larissa Riquelme tem ordem de prisão por abuso a menina de 11

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Instagram

Jonathan Fabbro é acusado de abusar sexualmente de uma menina de 11 anos, sua afilhada, e recebeu ordem de prisão internacional nesta segunda-feira (4). O paraguaio é namorado de Larissa Riquelme há seis anos.

"Fabbro é um cidadão procurado em 192 países, após a notificação da ordem de prisão com possibilidade de extradição em território argentino", disse Luis Arias, chefe da Interpol no Paraguai, à rádio La Unión.

Nascido na Argentina, Fabbro é naturalizado paraguaio e, portanto, responde primeiramente à justiça de seu país. Ex-Boca Juniors, Atlético-MG, Cerro Porteño e River, ele atualmente defende o Chiapas, do México.

O meia é acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de 11 anos entre 2012 e 2016. A família da vítima afirma que os ataques envolviam toques, ejaculações e sexo oral, e todos teriam ocorrido no carro do jogador ou na casa da avó.

O caso foi descoberto quando o irmão da vítima teve acesso à conversa entre os dois no Whatsapp. "A menina relata ao menos três casos que ocorreram nos últimos dois anos. No entanto, alguns detalhes levam a crer que a situação poderia estar ocorrendo há quatro anos", explicou Gastón Marano, advogado da família.

Larissa Riquelme defendeu o namorado em entrevista à rádio Rock and Pop. "Pode ser o homem mais mentiroso do mundo, por seu histórico com milhares de mulheres, mas de jeito nenhum poderia machucar uma inocente. Ele ficou muito mal com tudo isso", declarou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos