Atacante do Bayern ironiza "supervalorizado" PSG após vitória na Champions

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Michaela Rehle

    O alemão Thomas Muller, atacante do Bayern de Munique

    O alemão Thomas Muller, atacante do Bayern de Munique

O atacante alemão Thomas Muller criticou o que chamou de badalação excessiva ao Paris Saint-Germain após os franceses perderem para a sua equipe, o Bayern de Munique, por 3 a 1, pela fase de grupos da Liga dos Campeões, na última terça-feira (5), no Allianz Arena. 

Ele usou como exemplo a primeira partida entre os rivais, em setembro, quando o PSG venceu por 3 a 0 e provocou a demissão do técnico Carlo Ancelotti.

"O PSG teve duas boas oportunidades, mas não sentimos que são superiores a nós. Continuamos a ser o Bayern. Devem pensar que o PSG tem uma poção mágica ou algo do gênero", ironizou.

"É claro que eles têm bons jogadores no ataque, mas vocês (jornalistas) não devem ficar fazendo uma badalação como essa", completou Muller.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos