Candidato, Rueda processa integrante da chapa de Modesto por notícia fake

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

A eleição para a presidência do Santos, que ocorre no próximo sábado, fica mais polêmica a cada dia. Após mudança no sistema eleitoral por suspeita de fraude, o pleito agora conta com um B.O (Boletim de Ocorrência) e um processo judicial do candidato Andres Rueda, da Santástica União, contra um integrante inscrito na chapa do atual presidente santista, Modesto Roma.

O nome do integrante da chapa 4, de Modesto Roma, apareceu no domínio do blog que divulgou a notícia falsa contra o candidato da oposição. Aliás, o blog foi criado apenas três dias antes de a informação ser divulgada.

A notícia fake coloca o nome de Andres Rueda envolvido em uma denúncia do Ministério Público e da Policia Federal na Operação Hammer-on. No entanto, na noticia oficial e original do MPF não consta o nome do candidato à presidência do Santos. Rueda foi vítima de uma montagem na internet.

Andres Ruedas já acionou um advogado especialista em crimes cibernéticos para cuidar do caso. Foi realizada uma ata e o registro em cartório da notícia falsa.

"Isso é um atestado de idoneidade pois não acham acusações contra o Rueda. Foi levantado o domínio da pessoa que fez o blog e está no nome de uma pessoa inscrita na chapa 4 (Modesto Roma)", afirmou Ruedas ao UOL Esporte

"Todas as telas estão registradas em cartório, com Boletim de Ocorrência lavrado e denúncia ao GAECO, para as providencias jurídicas cabíveis. É triste ver num processo eleitoral do Clube, a que ponto as pessoas chegam para continuar com o poder. Não acredito que tudo isso seja apenas para ajudar o nosso Santos FC", divulgou Rueda através de sua assessoria de imprensa.

O Santos, por intermédio de sua assessoria de imprensa, alega que o candidato a conselheiro na chapa de Modesto Roma, foi vítima de fraude. O clube apurou que é possível adquirir domínio online em nome de qualquer pessoa, sem que seja comprovada a identidade do comprador. Por conta disso, o integrante da chapa de Modesto também registrou boletim de ocorrência denunciando a tentativa de incriminação a seu respeito.

"Tão logo tomou conhecimento das denúncias realizadas pelo candidato Andres Rueda, a chapa Santos Gigante imediatamente deu início a uma investigação interna e constatou que o nome do candidato a conselheiro (acusado) foi utilizado sem o seu conhecimento para a suposta compra de um domínio de internet. Essa apuração verificou que com a posse dos dados divulgados no processo eleitoral é possível adquiri domínios online em nome de qualquer pessoa sem que seja exigida comprovação da identidade do comprador. Constatada a fraude em seu nome, o mesmo registrou um boletim de ocorrência denunciando a tentativa de incriminá-lo. A Chapa Santos Gigante repudia veementemente os métodos escusos e as baixarias que remetem à lamentável memória do que ocorreu também no pleito de 2014. Nos colocamos à disposição da justiça e da imprensa para todos e qualquer esclarecimento necessário a fim de preservar nosso maior bem: O SANTOS FUTEBOL CLUBE", diz a nota.

Além de Modesto Roma, da Santos Gigante, e de Andres Ruedas, da Santática União, concorrem ao pleito neste sábado os candidatos José Carlos Peres, da Somos Todos Santos, e Nabil Khaznadar, da O Santos Que Quereremos).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos