Corinthians mantém linha de 2017 e aposta em reforços modestos e versáteis

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Youtube/ Reprodução e Felipe Oliveira/EC Bahia

    Júnior Dutra e Renê Júnior farão exames para assinar contrato com o Corinthians

    Júnior Dutra e Renê Júnior farão exames para assinar contrato com o Corinthians

O Corinthians conquistou dois títulos em 2017 com um time mais modesto em relação aos principais rivais. Campeão estadual e brasileiro, o clube alvinegro inicia o período de contratações para o próximo ano na mesma linha adotada recentemente: com reforços modestos e versáteis.

Nesta quarta-feira, os dois primeiros contratados pelo clube, o volante Renê Júnior e o atacante Júnior Dutra, farão exames médicos na capital paulista para assinar contrato com o Corinthians de Fábio Carille. O vínculo de Renê será de três anos, enquanto Dutra firmará acordo por duas temporadas.

Ambos são donos de características comuns a alguns reforços do Corinthians para a atual temporada. Além de serem jogadores baratos (Dutra chegará sem custos), eles atuam em mais de uma posição, fator que agrada Carille.

Aos 28 anos, Renê, segundo o próprio treinador, pode ser escalado em três posições do meio-campo. À frente da zaga, mais avançado e também aberto pelos lados. Dutra, por sua vez, atuou pelo Avaí no Campeonato Brasileiro como centroavante. Autor de nove gols na competição, o atleta de 29 anos jogou pelas pontas, com velocidade, na maior parte das equipes que defendeu - na melhor fase da carreira, no Japão, era escalado dessa forma.

Do elenco duas vezes campeão em 2017, o volante Paulo Roberto é um jogador que chegou ao Corinthians em situação parecida em janeiro passado. Desconhecido, o atleta que à época tinha 29 anos foi contratado sem custos, por empréstimo, sob extrema desconfiança da torcida.

Durante a temporada, Paulo Roberto se mostrou importante para o time de Carille. Na final do Paulistão, o volante substituiu Gabriel e agradou - ele repetiu a boa atuação diante do Grêmio, na vitória por 1 a 0 em Porto Alegre. Em alguns jogos, como contra a Universidad de Chile na Copa Sul-Americana, foi escalado na lateral direita quando o time alvinegro não pôde contar com Fagner e Léo Príncipe.

A quatro semanas da reapresentação do elenco corintiano, a diretoria pensa em pelo menos mais três contratações. O clube deve investir em um reforço mais badalado para a vaga de Pablo na zaga, enquanto outro defensor deve chegar para compor o grupo. Além disso, o Corinthians trará um lateral esquerdo depois da venda de Guilherme Arana ao Sevilla.

Entre o fim de 2016 e o começo de 2017, o Corinthians contratou oito jogadores: os atacantes Jô, Kazim e Luidy, os volantes Gabriel, Fellipe Bastos e Paulo Roberto, além do zagueiro Pablo e do meia Jadson. Em seguida, o clube acertou uma troca entre Marlone e Clayton com o Atlético-MG. Após o Paulistão, a diretoria acertou com o atacante Clayson.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos