Valdivia chama ex-treinador do Chile de traidor: 'nos deixou fora da Copa'

  • Andre Penner/AP

    Valdivia reprovou acerto de Pizzi com árabes pouco depois de eliminação chilena

    Valdivia reprovou acerto de Pizzi com árabes pouco depois de eliminação chilena

Jorge Valdivia responsabilizou o ex-técnico do Chile, Juan Antonio Pizzi, por deixar a seleção fora da Copa do Mundo. O ex-jogador do Palmeiras considerou que o treinador não acrescentou nada técnica e taticamente ao selecionado chileno, deixando o time vulnerável nas eliminatórias da Copa do Mundo.

Sob o comando do Chile, Pizzi foi campeão da Copa América, vice da Copa das Confederações, mas ficou em sexto nas eliminatórias da América do Sul.

"Levando para o plano profissional, está bem. Mas pelo lado humano, está mal. Para mim, o Pizzi não deixou nada como técnico. Taticamente não deixou nada. Ele ganhou com o Chile. Ele foi muito bem na Copa América e Copa das Confederações, mas para mim, a verdade é que ele não deixou nada", ao "BioBioChile".

 Valdivia foi além, dizendo que Pizzi o traiu por assumir o comando da Arábia Saudita, que disputará a Copa do Mundo.

"Para mim é uma traição [Pizzi ter trocado o Chile pela Arábia]. Ele é o grande responsável por estarmos fora da Copa".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos