CR7 x Messi: os números da rivalidade que domina a década do futebol

Do UOL, em São Paulo

  • Franck Faugere/L'Equipe/AFP / Fabrice Coffrini/AFP

    Cristiano Ronaldo e Lionel Messi: agora são cinco Bolas de Ouro para cada um

    Cristiano Ronaldo e Lionel Messi: agora são cinco Bolas de Ouro para cada um

Cristiano Ronaldo igualou Lionel Messi nesta quinta-feira (7) ao conquistar sua quinta Bola de Ouro, o mais tradicional prêmio individual do futebol, concedido pela revista France Football desde 1956. Nos últimos dez anos, não teve para ninguém: os dois rivais dominaram completamente o esporte, com cinco premiações cada um e uma enxurrada de gols, títulos e recordes quebrados.

Confira, a seguir, alguns números que ajudam a dar a dimensão de dois dos maiores jogadores da história do esporte e da rivalidade construída entre eles ao longo da década.

Individuais

Bolas de Ouro: 5 a 5
Há dez anos ninguém ameaça o reinado de Messi e Cristiano Ronaldo no topo do futebol mundial. O último a conquistar o prêmio antes deles foi o brasileiro Kaká, em 2007. Desde então, o português faturou em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017, enquanto o argentino levou em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015. Será que algum deles desempata a conta no ano que vem ou surgirá um novo nome para quebrar a hegemonia da dupla?

JOSEP LAGO/AFP

Chuteiras de Ouro: 4 a 4
Outra premiação tradicionalíssima da Europa, a Chuteira de Ouro coroa o artilheiro da temporada contando apenas os campeonatos nacionais de cada país. E Messi e Cristiano aparecem novamente empatados neste quesito: ambos são os recordistas de vitórias, com quatro cada um. O astro do Barcelona ganhou em 2009/10, 2011/12, 2012/13 e 2016/17, enquanto o craque do Real Madrid foi premiado em 2007/08, 2010/11, 2013/14 (ao lado de Luis Suárez) e 2014/15.

Gols na carreira: 620 a 585 para Cristiano
No quesito número de gols em jogos oficiais, Cristiano Ronaldo leva vantagem. Com a bomba no ângulo do Borussia Dortmund na última quarta (6), em vitória por 3 a 2 do Real Madrid na Liga dos Campeões, ele chegou a 620 bolas na rede, contra 585 de Messi. O português também supera o rival em gols pela Liga dos Campeões (114 a 97) e pela seleção (79 a 61).

REUTERS/Sergio Perez

Média de gols: 0,80 a 0,70 para Messi
Apesar de Cristiano Ronaldo ter mais gols, ele também é dois anos mais velho e começou sua carreira profissional mais cedo. Por isso, Messi leva vantagem na média de gols por jogo: o argentino tem 728 partidas oficiais na carreira, o que dá 0,80 gol por jogo, enquanto o português, com 882 partidas, fica um pouco atrás, com 0,70 gol por jogo.

Assistências na carreira: 239 a 214 para Messi
Outro quesito no qual Messi supera Cristiano é a quantidade de assistências. O argentino é um jogador extremamente criativo, enquanto o português, que começou como um ponta driblador no Sporting, hoje é mais um finalizador – apesar de ainda dar muitos passes para gols dos companheiros. Messi tem 239 assistências na carreira, contra 214 de Cristiano.

Coletivos

Ligas dos Campeões: 4 a 4
No principal título do futebol europeu, igualdade para os dois grandes rivais. Messi, criado no Barcelona, conquistou a Liga dos Campeões pela primeira vez em 2006, ainda como coadjuvante do time que tinha Ronaldinho Gaúcho como estrela. Depois, como protagonista absoluto, levou o título em 2009, 2011 e 2015. Já Cristiano Ronaldo sempre foi o astro de suas conquistas: uma com o Manchester United, em 2008, e três com o Real Madrid, em 2014, 2016 e 2017.

Mundiais de Clubes: 3 a 3
O título mundial de clubes não recebe na Europa o mesmo peso que a Liga dos Campeões, mas ainda assim é uma conquista de primeiro nível. Lesionado, Messi não participou da derrota do Barça para o Internacional na final do Mundial de 2006. Mas fez gols nas três finais que jogou, em vitórias sobre Estudiantes (2009), Santos (2011) e River Plate (2015). Cristiano, por sua vez, venceu em 2008 pelo Manchester United, contra a LDU, e em 2014 e 2016 pelo Real Madrid, contra San Lorenzo e Kashima Antlers. Ainda em 2017, terá a chance de vencer seu quarto Mundial.

AP Photo/Manu Fernandez

Campeonatos nacionais: 8 a 5 para Messi
No cenário doméstico, Messi tem mais títulos coletivos que Cristiano Ronaldo. O argentino ajudou o Barcelona a dominar o Campeonato Espanhol em boa parte da década e já ganhou oito vezes a competição. Já o português venceu três vezes o Campeonato Inglês com o Manchester United, mas na Espanha, só levantou o troféu do campeonato nacional duas vezes pelo Real Madrid.

Outros títulos por clubes: 14 a 11 para Messi
Em relação aos títulos "menores" do futebol europeu, nova vantagem para Messi. O camisa 10 do Barça já levantou 14 taças de importância secundária, sendo cinco Copas do Rei, seis Supercopas da Espanha e três Supercopas da Europa. Cristiano, por sua vez, tem 11 títulos do mesmo quilate: pelo Sporting, uma Supertaça de Portugal; pelo Manchester United, uma Copa da Inglaterra, duas Copas da Liga e uma Supercopa da Inglaterra; e pelo Real, duas Copas do Rei, duas Supercopas da Espanha e duas Supercopas da Europa.

Matthias Hangst/Getty Images

Títulos pela seleção principal: 1 a 0 para Cristiano
Ambos são os maiores artilheiros de suas seleções, mas quando o assunto é levantar taças, Cristiano leva vantagem. Apesar de ter se lesionado na final contra a França, o camisa 7 foi fundamental para carregar Portugal até a decisão da Eurocopa de 2016, que foi o primeiro título relevante da história do país. Já Messi, campeão mundial sub-20 em 2005 e campeão olímpico em 2008, não possui até agora títulos pela seleção principal da Argentina. Ele perdeu as quatro finais que disputou (Copa do Mundo de 2014 e Copas Américas de 2007, 2015 e 2016).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos