A jornal, Felipe Melo projeta idolatria no Palmeiras e futuro como técnico

Do UOL, em São Paulo

  • JALES VALQUER/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Felipe Melo se prepara para entrar em campo em jogo do Palmeiras contra o Bahia

    Felipe Melo se prepara para entrar em campo em jogo do Palmeiras contra o Bahia

Em entrevista ao jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", Felipe Melo falou sobre a vida no Palmeiras e sobre o que projeta para seu futuro no futebol. O meio-campista afirmou que ainda pode jogar seis anos, que quer ser ídolo no clube paulista e que pode virar treinador quando penduras as chuteiras.

"Posso jogar pelo menos mais cinco ou seis anos. Estou bem fisicamente e psicologicamente, não penso na aposentadoria. Quero vencer com o Palmeiras, nunca desisti. Nem mesmo após o problema com o Cuca. Eu treinei sozinho e, quando voltei, isso foi visto", declarou.

Felipe Melo disse que pensou em se transferir para a Major League Soccer em determinado momento de sua carreira, mas afirmou que a idolatria que alcançou no Palmeiras o fez mudar de ideia.

"O futuro deve ser escrito. Até um ano atrás, eu estava pensando na MLS, mas aqui estou realmente bem. E eu quero me tornar um ídolo para os torcedores. Então, eu não excluí ser treinador", disse.

A entrevista com Felipe Melo foi publicada na véspera do clássico entre Juventus e Internazionale de Milão, dois clubes que o jogador defendeu em sua carreira. O meio-campista não teve problemas para assumir sua torcida.

"Eu nunca poderia falar mal da Juventus, mas a Inter é outra coisa. Eu tenho essas cores no coração, não é preciso me perguntar de que lado vou estar", disparou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos