Alvo do Inter rejeitou Europa aos 15 anos e é obsessão do River Plate

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/Sevilla

    Walter Montoya, do Sevilla, é alvo do Internacional para temporada 2018

    Walter Montoya, do Sevilla, é alvo do Internacional para temporada 2018

O Internacional abriu negociação com o Sevilla para contratar Walter Montoya, de 24 anos. Formado no Rosario Central, o meia-atacante também é alvo de Tijuana-MEX e River Plate, sendo, neste último caso, uma espécie de obsessão do técnico Marcelo Gallardo. O cenário é de disputa intensa pelo jogador que, quando jovem, rejeitou mudar-se para Europa, só foi fazê-lo mais tarde e não está feliz por lá.

A carreira de Montoya começou muito cedo. Ainda criança, com 13 e 14 anos, disputava torneios infantis pelo Unión de Machagai, clube de sua cidade, na província do Chaco. Teve sucesso contra os maiores argentinos e aos 15 uma oportunidade importante: foi levado pelo dono de sua equipe, Juan Carlos 'El Gringo' Milesi, para testes no Olympique de Marselha, da França.

Por lá estavam os argentinos Gabriel Heinze e Lucho González. O aproveitamento desde as primeiras categorias de base poderia até ser facilitado, mas a distância não deixou. Montoya foi aprovado, mas preferiu voltar para Argentina. Sentia saudades da família.

Depois de rejeitar a Europa, iniciou carreira profissional no Rosario Central, que ficava um pouco mais perto de casa. Não muito, na verdade, afinal são mais de 600 Km. entre Rosario e a província do Chaco. De toda forma, a viagem era menor para encontrar os mais próximos.

Por lá ganhou espaço a cada ano. Montoya se profissionalizou e firmou pé no time de cima na temporada 2013/2014. Em 2015, fez 30 jogos, para no ano seguinte se destacar na Libertadores com gols importantes. Ali, virou obsessão de Marcelo Gallardo.

Naquele ano, o atual técnico do River Plate já tinha indicado a contratação de Montoya. "É um jogador que eu gostaria muito de ter aqui", disse ao jornal Ole. "Se eu fosse o Montoya, não pensaria duas vezes de vir para o River", completou na ocasião.

Um desacerto financeiro, no entanto, não deixou que isso acontecesse. Ele seguiu no Rosario Central e no início de 2017 se transferiu ao Sevilla por 4 milhões de euros (R$ 15,5 milhões na cotação atual).

E o destino mostrou que sabia o que tinha feito quando por suas curvas incompreensíveis por vezes não deixou 'El Enano' (Anão) ficar no Velho Continente quando jovem. Montoya também não foi feliz por lá quase dez anos depois. Sem espaço no time da Andaluzia, ele disputou só sete partidas desde que chegou, irritou-se com o pouco aproveitamento e está disposto a ir embora.

Além de Gallardo, pela obsessão antiga, o Boca Juniors de Guilhermo Barros Schelotto, também queria o jogador. Ambos os clubes indicaram que aceitam pagar até 5 milhões de dólares (R$ 16,5 milhões) por ele, mas o Boca desistiu por conta do pedido do Sevilla: 6 milhões de dólares (R$ 19,8 milhões). Os mexicanos do Tijuana também estão de olho no negócio. Enquanto isso, o Inter aparece como quarto interessado e propõe um empréstimo. O jogador, cujo contrato vai até 2021 no Sevilla, seguiria ligado ao clube para eventual venda futura, liberaria uma vaga de estrangeiro por lá e poderia recuperar a melhor forma. Argumentos utilizados na negociação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos