Eleição do Santos tem confusão e grito de Modesto: "eu sou o presidente"

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos

  • Divulgação

    Presidente do Santos Modesto Roma Júnior dá seu voto após confusão

    Presidente do Santos Modesto Roma Júnior dá seu voto após confusão

O Santos elege neste sábado (09) o seu novo presidente para a gestão de 2018 a 2020. Durante a votação, o clima esquentou e o atual mandatário santista Modesto Roma Júnior chegou a ficar bastante irritado.

José Carlos Peres, Nabil Khaznadar, Andres Rueda e Modesto Roma concorrem ao cargo de presidente santista. 

Tudo ia bem até Orlando Rollo, candidato à vice-presidência ao lado de João Carloss Peres, e Modesto se estranharem no momento em que Roma foi votar. No meio da briga, o atual presidente gritou: "eu sou o presidente". A oposição rebateu: "hoje o Benavides (presidente do Conselho) é o presidente. 

Os ânimos só se acalmaram quando Modesto Roma Júnior deixou a urna. Após a confusão, ele falou com a imprensa para justificar a briga. "Eles querem criar factoides e não vão criar. Querem fazer discussão pra gerar discussão. As pessoas querem ser vítimas. Bobagem. Está fazendo pressão. As pessoas precisam justificar as coisas. É a vontade de dar uma satisfação dos compromissos assumidos", disse. 

Orlando Rollo chegou a acusar Modesto de tê-lo agredido. Questionado sobre o que tinha falado ao adversário, o atual presidente disse "não se lembrar". 

Andres Rueda, também candidato, falou sobre desconfianças de fraudes. "Foi feito o pedido de investigação e vamos aguardar. A eleição termina hoje e o desenrolar dela também. A gente precisa mudar o clubem chega de noticia ruim, jogador vai embora que não recebe, corrupção na base e só falta agora corrupção nas urnas", comentou. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos