Empresário de Muralha está no Japão para definir próximo clube do goleiro

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Alex Muralha não ficará no Flamengo: futebol japonês é um destino provável

    Alex Muralha não ficará no Flamengo: futebol japonês é um destino provável

Alex Muralha não vestirá mais a camisa do Flamengo. Criticado pelas falhas durante a temporada e sem clima para continuar no Rubro-negro, o goleiro será negociado com o futebol do exterior. O destino mais provável é o Japão, país no qual defendeu o Shonan Bellmare, em 2013.

O empresário de Muralha está na "Terra do Sol Nascente" para definir o futuro do goleiro. Alexandre Aki tem boa entrada nos clubes do país e viajou nos últimos dias para resolver a situação do jogador e de outros clientes. A tendência é a de que ele fique do outro lado do mundo por mais algumas semanas.

Licenciado pela Associação de Futebol do Japão (JFA), Aki já recebeu contato de pelo menos dois clubes do país interessados nos serviços de Alex Muralha. O impasse está na forma do negócio. Os japoneses preferem o empréstimo por uma temporada, enquanto o Flamengo pretende transferir o goleiro de forma definitiva.

O atual contrato de Muralha com o Rubro-negro vai até 31 de dezembro de 2020. Ele não faz parte dos planos para 2018 e poderia se transferir para qualquer clube no Brasil.

O problema é que as atuações ruins e pressão da torcida complicaram a sequência do goleiro no país. A saída é vista como positiva para que ele organize os pensamentos e volte no futuro ao futebol brasileiro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos