São Paulo recebe empresário de Jucilei para tentar finalizar negócio

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Rubens Chiri/saopaulofc.net

    Jucilei está adaptado ao Tricolor e deseja permanecer no clube

    Jucilei está adaptado ao Tricolor e deseja permanecer no clube

O São Paulo tem encaminhado um acordo com o Shandong Luneng, da China, para comprar os direitos econômicos de Jucilei. Agora, o Tricolor se concentra para fechar o outro lado das negociações. Nesta terça-feira, o empresário do volante, Nick Arcuri, chegou ao Brasil e terá reuniões para discutir as bases do novo contrato do cliente com o clube paulista. A informação foi publicada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte.

Não há pressa em fechar o negócio. O vínculo atual com os são-paulinos, de empréstimo, termina em 31 de dezembro. A oferta aos chineses foi de 1 milhão de euros (R$ 3,9 milhões) e deve ser suficiente para comprar Jucilei. O contrato com o time asiático termina em maio de 2019 e, como não há planos de usá-lo na próxima temporada, uma venda neste momento é mais vantajosa para o Shandong.

Agora é preciso apresentar uma proposta salarial que atraia o volante. Jucilei já demonstrou diversas vezes que gostaria de seguir no São Paulo, clube que defendeu em 49 jogos nesta temporada. Depois de rodar o mundo para construir uma estabilidade financeira para toda a família, o jogador crê que o momento é de "sossegar" e ficar mais próximo dos filhos pequenos.

O Tricolor tem os maiores salários do elenco entre R$ 450 mil e R$ 500 mil. A faixa deve ser a destinada ao meio-campista de 29 anos, que ainda assim toparia uma redução considerável dos vencimentos que recebia do Shandong Luneng.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos