Ex-colega diz que Renato Gaúcho chegava bêbado aos treinos da Roma

Do UOL, em São Paulo

  • Jeferson Guareze/AGIF

    Renato Gaúcho defendeu a Roma em 1988

    Renato Gaúcho defendeu a Roma em 1988

Ex-colega de Roma diz que Renato Gaúcho chegava aos treinos bêbado

Giuseppe Giannini e Renato Gaúcho atuaram juntos na Roma, na temporada 1988/1989. Quase 20 anos após atuarem no clube italiano, Giannini fez revelações sobre o atacante brasileiro. Ao "La Gazzetta dello Sport", o italiano disse que Renato chegava bêbado aos treinamentos.

"Ele chegava bêbado aos treinamentos". " Quando vimos o Renato nestas condições, Liedholm [Nils, técnico da Roma na época] o tirou de lá para não ter nenhum olhar curioso", relatou Giannini, que atuava como meia e era uma das estrelas do time.

Giannini disse que o atual técnico do Grêmio se recusava a recuar para ajudar o sistema defensivo.

"Eu nunca tive problemas com o Renato. Apenas um episódio ocorreu no campo. Foi em um dérbi, depois de um gol do Di Canio. Eu pedi para o Renato voltar para a defesa. Ele me respondeu que ele era um atacante e que não era obrigado a voltar. Ele era um cara legal".

Na Roma, Renato não deixou saudades. Contratado em 1988, o atacante teve poucas oportunidades, virando opção no banco de reservas. Ele se transferiu para o Flamengo um ano depois, alegando ter sido boicotado por Giannini na Roma.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos