Garoto com passagem por Cotia é assassinado e jogadores do SP se chocam

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Reprodução/Instagram

    Mensagem de Paulinho Boia para Raul foi postada no Instagram

    Mensagem de Paulinho Boia para Raul foi postada no Instagram

Na noite da última terça-feira, o garoto Raul Victor, atleta do Sobradinho foi assassinado na cidade homônima, localizada no Distrito Federal, enquanto jogava uma pelada com amigos. O jogador defendeu o São Paulo até 2015 e os amigos que deixou em Cotia se chocaram com a notícia durante a madrugada. O Tricolor lamentou o ocorrido e presta solidariedade à família de Raul.

O assassinato ocorreu enquanto o volante disputava uma pelada com amigos no campo sintético da AR 03, em Sobradinho II. Raul estava no time que aguardava para entrar no jogo seguinte quando foi abordado por um rapaz que disparou 13 vezes. A polícia local investiga o caso. Segundo testemunhas, o indivíduo que efetuou os disparos saiu correndo, entrou em um veículo HB20 de cor branca e fugiu pela via AR 05. 

Entre os são-paulinos, o mais abalado com a história é o atacante Paulinho Boia, que conhecia Raul desde a infância - os dois cresceram em Brasília. O jovem será enterrado às 8h desta quinta-feira. Boia, que foi à terra natal passar as férias de fim de ano, postou diversas homenagens ao amigo no Instagram. O zagueiro Éder Militão e o atacante Brenner, que chegaram ao profissional do Tricolor neste ano ao lado de Boia, também prestaram tributo ao ex-companheiro, chamado de Raulzão. Outros atletas, ainda na base também demonstraram tristeza com a perda do colega.

O Sobradinho, por meio do gerente Leandro Mota, informou à reportagem que estava prestes a assinar o primeiro contrato profissional de Raul, que era volante e disputaria o Campeonato Brasiliense na próxima temporada.

"É com imenso pesar que informamos que nosso atleta Raul foi vítima da insegurança e violência da nossa sociedade. Tivemos a triste e lamentável notícia que nosso atleta foi assassinado na noite passada em Sobradinho, neste momento de dor e consternação, só nos cabe pedir a Deus que lhe ilumine e lhe dê paz, e que Deus dê conforto à sua família para que possam enfrentar esta dor com serenidade. A dor da perda é imensurável e nada que se possa dizer é capaz de amenizar o sofrimento. O máximo que se pode fazer é oferecer o nosso silêncio de cumplicidade com a dor, dizer algumas palavras de amizade e consolo, e dar o ombro amigo para apoiar o peso da perda", diz a nota oficial divulgada pelo Sobradinho.

Raul Victor Garcez Soares nasceu em 1998 e tinha 19 anos, dos quais oito representando as categorias de base do São Paulo - de 2008 a 2012 como atleta monitorado e de 2012 a 2015 alojado em Cotia. O jovem passou ainda pela base do Vila Nova e integrou o sub-20 do Sobradinho nesta temporada.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos