Gremistas escondem gravidez para viajar e avisam família pelo UOL

Luiza Oliveira

Do UOL, em Al Ain (Emirados Árabes)

  • Luiza Oliveira/UOL

    Casal levou cartazes para informar à famílias que terão um filho

    Casal levou cartazes para informar à famílias que terão um filho

Entre os milhares de torcedores do Grêmio que foram acompanhar a vitória contra o Pachuca por 1 a 0 em Al Ain, um casal chamava a atenção nessa terça-feira. Eles carregavam um cartaz que dizia: "Alô, Família! Estamos grávidos!!". No outro, já mostrava o time do futuro campeão: "Vem mais um Tricolor por aí".

Mas o que eles queriam dizer com esses frases? Apaixonados pelo Grêmio, o advogado Ricardo Villar e empresária Sindy Villar compraram a passagem para o Mundial de Clubes nos Emirados um mês antes de o time se classificar. Estava tudo certo para a viagem, mas uma semana antes do embarque Sindy descobriu que estava grávida. A sensação de felicidade se misturou com a preocupação.

"Eu chorei muito. Fiquei muito feliz, mas fiquei preocupada de não poder ver o Mundial".

Com medo de perder a viagem, eles esconderam o gravidez da família para evitar que alguém tentasse impedí-los de ver o Grêmio no topo do mundo. Mas, já em terras árabes, resolveram revelar o segredo bem na estreia do Grêmio. Agora, os parentes podem ficar sabendo por esta matéria do UOL. "Ai meu Deus, vai sair no UOL", assustou-se Sindy dando risadas.

Pode parecer loucura no primeiro momento, mas eles fizeram tudo certinho como manda o figurino e como toda mamãe deve fazer. Assim que descobriram, os dois visitaram o médico para saber se poderiam embarcar para outro continente e fizeram todos os exames para que não houvesse qualquer risco para o bebê. O doutor tranquilizou o casal e os autorizou. Para que a longa viagem fosse mais tranquila e gradual, eles fizeram uma parada na África e ficaram lá por um dia.

Dificuldade para engravidar

Agora, os dois sonhos que Ricardo e Sindy sempre tiveram, ter um filho e ver o Grêmio no topo do mundo, podem se realizar de uma vez. Algo antes inimaginável diante de tantas obstáculos no caminho.

Os dois tiveram muitas percalços para realizar o sonho da gravidez. Sindy sofreu por anos com um problema hormonal nos ovários que dificultavam a ovulação. Tentaram nada menos que seis inseminações artificiais durante anos, mas nunca tiveram sucesso.

Até que pararam de se preocupar. Ou apelaram para 'São Portaluppi' e o milagre aconteceu. "A gente tentou muito e não deu certo. Até que desencanamos de tentar e aconteceu da forma natural", comemora ela.

Eles ainda não sabem o sexo do neném, mas se for menino deve ser chamar Pedro. Qualquer semelhança com o zagueiro Pedro Geromel é mera coincidência. "Não é má ideia a homenagem. Seria merecido pelo que ele vem fazendo", brinca Ricardo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos