Romarinho lamenta decisão de companheiro em gol anulado: "Eu teria chutado"

Luiza Oliveira

Do UOL, em Abu Dhabi (EAU)

Romarinho brilhou na partida contra o Real Madrid, fez um e foi fundamental no segundo que poderia ter dado a vitória e a classificação para o Al Jazira. Mas o companheiro Ali Mabkhout estava de frente para o gol e optou por tocar para o companheiro Bossoufa que estava em impedimento e o gol foi anulado. Visivelmente incomodado, Romarinho disse que faria diferente.

"Se fosse eu teria chutado, né? O moleque estava frente a frente com o gol. Mas é futebol, ele foi tentar dar um passe. O moleque estava sozinho, estava um pouquinho à frente. Fazer o que?", disse ele que negou estar chateado.

"Não, não fiquei chateado não. Acontece. Ele optou por tocar, eu fiquei ali meio pensando na hora porque ele não chutou. Mas o jogo continua e você tem que pensar no fim do jogo".

Na partida, dois gols foram anulados. Além do Al Jazira, o Real Madrid também teve um anulado porque Cristiano Ronaldo fez falta dentro da área. No fim, os espanhóis se deram melhor, venceram a partida por 2 a 1 e se classificaram para a final contra o Grêmio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos