Zidane admite não conhecer totalmente o Grêmio e poupa Benzema de críticas

Do UOL, em São Paulo (SP)

Passado o sufoco vivido no confronto diante do Al-Jazira, válido pela semifinal do Mundial de Clubes, Zinedine Zidane tratou de afastar toda a pressão encontrada pelo Real Madrid na noite desta quarta-feira, nos Emirados Árabes. O técnico do clube espanhol usou a entrevista concedida após a vitória de virada por 2 a 1 para amenizar as críticas sobre o centroavante Karim Benzema e destacar a necessidade de melhora da equipe para a decisão contra o Grêmio.

O clube gaúcho, aliás, recebeu elogios do treinador francês. Zidane admitiu não estar inteirado profundamente em relação ao desempenho gremista no Campeonato Brasileiro, mas elogiou o recente desempenho do rival de sábado na decisão do Mundial. O Grêmio assegurou uma vaga na decisão ao bater o Pachuca, do México, por 1 a 0 na última terça-feira.

"Vimos a partida de ontem [terça-feira] do Grêmio e o anterior também. Mereceram a classificação à final. Conheço o Grêmio por isso, mas não conheço muito bem o Campeonato Brasileiro. Creio que seja uma boa equipe de futebol e que teremos que melhorar o nosso nível porque não há uma partida fácil; vimos isso hoje", discursou Zidane.

Mesmo admitindo que não conhece a fundo o adversário da final, já que não acompanhou muito do desempenho gremista no Campeonato Brasileiro, o treinador do Real Madrid espera uma partida também complicada na decisão. O Real Madrid sofreu na final do ano passado ao bater os japoneses Kashima Antlers por 4 a 2, somente na prorrogação.

Além do tema Grêmio, Zidane também foi perguntado sobre Karim Benzema, alvo de críticas por parte dos torcedores – o centroavante acertou duas vezes a trave do Al-Jazira e saiu vaiado de campo ao ser substituído na segunda etapa. O treinador bancou o camisa 9.

"Não vou pedir nenhum atacante no mercado de inverno. Karim está bem e creio que fez um bom jogo; ele criou oportunidades, mas a bola não quis entrar. Estou muito contente com a partida de todos, embora por vários momentos a bola não quisera entrar", sentenciou Zinedine Zidane.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos