Seedorf está em Curitiba para conhecer proposta do Atlético-PR

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • REUTERS/Giorgio Perottino

    Seedorf como técnico do Milan: proposta para dirigir outro rubro-negro

    Seedorf como técnico do Milan: proposta para dirigir outro rubro-negro

Seedorf está no CT do Caju nesta quinta-feira (14) para conhecer a estrutura e o projeto do Atlético Paranaense, que o convidou para ser técnico da equipe principal em um formato diferente. O ex-meia de clubes como Real Madrid e Milan, e ex-técnico deste último, tem como último trabalho uma passagem na segunda divisão da China em 2016 e chegou à Curitiba na manhã desta quinta acompanhado de um de seus representantes no Brasil, Bruno Paiva.

O Atlético pretende que Seedorf possa implementar uma filosofia europeia de trabalho no clube a partir da experiência dele como jogador de ponta na Holanda, Espanha e Itália. Como técnico da equipe principal, Seedorf comandaria o time contando com o apoio de uma equipe multidisciplinar do clube, que tem outros treinadores, como Tiago Nunes, que irá dirigir o time de aspirantes no Paranaense 2018.

Um dos possíveis entraves para o sim de Seedorf ao Atlético é o salário. O UOL Esporte apurou que, a despeito do clube ter um teto de gastos inferior aos rendimentos que o holandês tinha na China, dinheiro não é um problema para o acerto. Seedorf tem interesse em decolar a carreira e o projeto é o que mais poderia seduzi-lo a voltar a trabalhar no Brasil. Ex-jogador do Botafogo, Seedorf é casado com uma brasileira e tem família no Rio de Janeiro, além de ser nascido no Suriname, território holandês na América do Sul.

UOL Cursos Online

Todos os cursos