Sem Raphael Veiga, Atlético-PR quer R$ 3 milhões do Palmeiras por Weverton

Danilo Lavieri e Napoleão de Almeida

Do UOL, em São Paulo

  • Lucas Figueiredo / MoWA Press

    Sem incluir jogadores no negócio, Palmeiras terá que pagar ao Atlético para contar com Weverton mais cedo

    Sem incluir jogadores no negócio, Palmeiras terá que pagar ao Atlético para contar com Weverton mais cedo

Atlético Paranaense e Palmeiras estão custando a acharem uma solução para a ida do goleiro Weverton de Curitiba para São Paulo. Com contrato em vigor até o final de maio de 2018, mas já livre para assinar sem custos com qualquer equipe, o goleiro campeão olímpico pelo Brasil em 2016 já negociou luvas e salários, mas o projeto está travado por que ele só se libera do Furacão ao final do contrato.

Uma solução era a ida do meia Raphael Veiga para o Atlético, que esfriou, segundo apurou o UOL Esporte. A reportagem descobriu que o Palmeiras não quer envolver jogadores na negociação, o que seria a preferência atleticana. Entretanto, o Furacão pediu o pagamento de R$ 3 milhões para liberar Weverton já em janeiro, uma vez que o Verdão não pretende mais incluir jogadores no negócio. O valor é considerado alto em São Paulo.

Revelado no Coritiba, Raphael Veiga era visto como a solução ideal para o Atlético no negócio. O meia deve perder espaços na equipe paulista com a manutenção de Guerra, a chegada de Lucas Lima e a possibilidade do ingresso de Gustavo Scarpa. Desde o início do interesse atleticano, porém, os agentes do jogador manifestaram contrariedade a ideia. Veiga está de férias no exterior e o Atlético ainda mantinha expectativa de negociar com ele até a ideia do Palmeiras não incluir mais jogadores ser manifestada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos