Grêmio aciona Conmebol e tenta adiar Recopa por causa das férias

Do UOL, em Porto Alegre

  • AFP PHOTO / JUAN MABROMATA

    Recopa está agendada para os dias 7 e 21 de janeiro. Grêmio quer mais tempo

    Recopa está agendada para os dias 7 e 21 de janeiro. Grêmio quer mais tempo

O Grêmio quer mudar as datas da final da Recopa Sul-Americana, contra o Independiente-ARG. A solicitação oficial já foi feita pelo Tricolor junto à Conmebol, que agendou as duas partidas entre o campeão da Libertadores e o vencedor da Sul-Americana para 7 e 21 de fevereiro. O clube gaúcho afirma que o calendário é apertado em virtude das férias do elenco.

Finalista do Mundial, o Grêmio vai liberar os jogadores até metade de janeiro.

"Estamos trabalhando para alterar as datas da Recopa. É impossível para o Grêmio jogar em 7 de fevereiro. Estamos trabalhando para termos uma nova data", disse Odorico Roman, vice de futebol do Grêmio, à Rádio Grenal.

Nesta sexta-feira (15), o Grêmio participou de um jantar com representantes da Conmebol em Abu Dhabi. No encontro estava Alejandro Dominguez, presidente da entidade. E ele ouviu dos dirigentes o pedido por novas datas.

O Grêmio sugeriu que a disputa entre os melhores times do continente ocorra no final de fevereiro ou em março. Com adiamento de três semanas em relação a data do primeiro jogo. A Conmebol ainda não respondeu, mas analisa a possibilidade.

A primeira partida da Recopa Sul-Americana está agendada para Argentina, no estádio do Independiente. O segundo e derradeiro encontro acontece em Porto Alegre, na Arena do Grêmio. Os dois clubes, por ironia do destino, se enfrentam na Recopa de 1996. A partida única foi disputada no Japão e o Tricolor ficou com o título ao vencer por 4 a 1.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos