Perrella promete investigar dívida do Cruzeiro e critica Gilvan: "desastre"

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Sergio Lima/Folhapress

    Zezé Perrella promete investigar as contas do Cruzeiro durante gestão de Gilvan de Pinho tavares

    Zezé Perrella promete investigar as contas do Cruzeiro durante gestão de Gilvan de Pinho tavares

Zezé Perrella, eleito presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, está arrependido de ter apoiado Gilvan de Pinho Tavares ao cargo máximo do clube no pleito de 2011.

Senador da República desde aquele ano, Perrella crê que a administração de seu sucessor foi "desastrosa".

"A gestão do Gilvan foi simplesmente desastrosa. Ele disse que tem uma dívida de R$ 28 milhões, mas está no balanço do Cruzeiro que não é. A dívida do Cruzeiro, só no ProFut, está em R$ 220 milhões. O Gilvan deixou de pagar R$ 150 milhões. A dívida beira R$ 500 milhões, só no Reffis é de R$ 220 milhões. Ele foi um péssimo presidente", disse ao UOL Esporte.

O aumento da dívida do clube de fato se tornou uma preocupação nos bastidores da Raposa. Um grupo do Conselho Deliberativo enviou uma carta à diretoria com o intuito de realizar uma auditoria nas dívidas. A ideia é que uma comissão se responsabilize por investigar o crescimento dos débitos durante os seis anos de gestão de Gilvan de Pinho.

"Já vamos nomear uma comissão e contratar uma auditoria para expor tudo. O torcedor merece saber a situação real do Cruzeiro. Foi um erro que cometi quando indiquei ele [Gilvan de Pinho] à presidência. Pensava que ele deixaria o Zé Maria e o Nassif, que são empresários, cuidar da parte administrativa do clube, mas os dois foram jogados para escanteio. Ele não sabe nada sobre administração", declarou Zezé Perrella, revelando que o seu antecessor no cargo de presidente do conselho deliberativo já nomeou a comissão que fará a averiguação nas contas do clube:

"O presidente atual já nomeou as pessoas. Já é uma decisão da diretoria e do conselho fazer uma auditoria nas dívidas, não na contabilidade. O torcedor precisa saber o que o Gilvan fez à frente do Cruzeiro", comentou.

A reportagem tentou contato com o presidente Gilvan de Pinho Tavares para dar a ele o direito de resposta às críticas feitas por Perrella. O mandatário, no entanto, não atendeu às ligações ou respondeu às mensagens até o fechamento desta matéria.

Apoio a Wagner Pires

Jaci Silveira/Cruzeiro
Wagner Pires é presidente do Cruzeiro

Durante as eleições presidenciais, em 2 de outubro, Zezé Perrella apoiou o advogado Sérgio Santos Rodrigues. Porém, depois do pleito, ele passou a atuar diretamente na gestão de Wagner Pires de Sá, candidato eleito.

O mandatário eleito, inclusive, apoiou a candidatura de Zezé Perrella ao cargo de presidente do Conselho Deliberativo.

"Apoiei o Sérgio e entendi que ele era a melhor opção. O importante para mim é a união do Cruzeiro. Logo depois das eleições, o Wagner me ligou e prometi apoiá-lo sempre. Queria o Sérgio por trazer novas ideias, mas o Wagner tem condições de fazer tudo de forma correta", declarou.

"Acabou o calor da política. [O Wagner] É um bom homem, tem tudo para fazer o melhor para o clube. Vamos fiscalizar os dados da presidência. Tenho poder de fiscalização, vou procurar ajudá-lo em tudo o que quiser", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos