Recordes me deixam orgulhoso de minha trajetória, diz Cristiano Ronaldo

Do UOL, em São Paulo

  • Franck Faugere/L'Equipe/AFP

Na véspera da decisão do Mundial de Clubes pelo Real Madrid, o meia-atacante português Cristiano Ronaldo disse que os recordes e conquistas de sua carreira servem de combustível para ele seguir motivado e o deixam orgulhosos.

Em entrevista à TV Real Madrid, o jogador citou particularmente a conquista da quinta Bola de Ouro, anunciada na última semana pela revista "France Football".

"Estou muito contente por este sucesso e é algo que me permite estar orgulhoso de minha trajetória. Temos que reconhecer que ganhar a quinta Bola de Ouro e ser o máximo goleador do Mundial de Clubes é uma honra e uma motivação para eu seguir trabalhando com alegria e sacrifício", disse.

"Temos que agradecer aos companheiros já que sem o trabalho e colaboração deles não seria possível ganhar (a Bola de Ouro). Estes êxitos me dão motivação e segurança para seguir lutando e dar mais alegrias aos meus fãs e às pessoas que me seguem. Estou muito feliz", completou.

Em outra entrevista, esta ao canal da Fifa, o português celebrou a escrita de "um capítulo na história do futebol" ao se igualar a Messi em números de premiações como melhor do mundo. Cristiano também explicou o que lhe mantém com fome de títulos e conquistas, já visualizando a Copa do Mundo de 2018.

"Continuo a me motivar porque gosto de fazer o que faço. Amo jogar futebol e tento me divertir. Mais importante, eu tento divertir as pessoas, meus fãs, tanto do clube quanto da seleção. Vou continuar enquanto eu tiver a paixão por jogar futebol, que é o que eu mais gosto de fazer", concluiu o atleta de 32 anos.

Cristiano Ronaldo buscará seu quarto título do Mundial de Clubes neste sábado, a partir das 15h (de Brasília), em final contra o Grêmio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos