Topo

Futebol


Renato vê "jogo mais importante da vida" e reafirma ter sido melhor que CR7

Luiza Oliveira/UOL
Renato Gaúcho concede coletiva antes na véspera da final do Mundial Imagem: Luiza Oliveira/UOL

Luiza Oliveira

Do UOL, em Abu Dhabi (EAU)

15/12/2017 11h40

Renato Gaúcho não fugiu da pergunta de um jornalista espanhol envolvendo Cristiano Ronaldo. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (15), o técnico do Grêmio voltou a afirmar ter sido melhor que o português em seus tempos de jogador.

“Mantenho. Admiro o Cristiano Ronaldo, é um dos maiores jogadores do mundo. É um grande campeão, todos os anos ele procura quebrar os próprios recordes, admiro muito isso em um jogador. É uma grande pessoa fora das quatro linhas”, afirmou.

“É muito fácil para vocês (espanhóis) que não me viram jogar elogiar só o Cristiano Ronaldo. Para pegar quem jogou mais, vocês teriam que pegar muitas pessoas que me viram jogar. É a opinião minha. Cada um tem a sua, e ele tem a dele também”, completou.

A pergunta foi feita por causa de uma declaração feita por Renato Gaúcho há dois anos. Na ocasião, o treinador do Grêmio afirmou ter sido um jogador melhor que Cristiano Ronaldo.

Jogo mais importante da carreira de treinador

Campeão mundial pelo Grêmio como jogador, Renato Gaúcho afirmou que a partida contra o Real Madrid será a mais importante de sua carreira como treinador.

“É o jogo mais importante da minha vida como treinador. É o jogo mais importante da vida dos meus jogadores, por ser uma decisão de mundial. A gente sabe da importância desse jogo contra o Real Madrid”, afirmou.

Questionado sobre as chances de o Grêmio vencer o Real Madrid, Renato afirmou que o time espanhol é o favorito, mas que os gaúchos “farão de tudo para conquistar o Mundial”.

“O Real é o favorito por tudo que ele representa para o futebol mundial. Mas o Grêmio não veio para passear. Eles podem ser os favoritos, mas vamos honrar nossa camisa, meu grupo vai brigar durante os 90 minutos, suar a camisa. Os torcedores podem ter certeza disso. O que o Real quer, a gente também quer. E vamos fazer de tudo para conquistar”.

A final do Mundial de Clubes acontece neste sábado (16), às 15h (de Brasília).

Mais Futebol