Adeus, grama velha. 7 curiosidades sobre o novo piso da Arena Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Gramado da Arena Corinthians será substituído na próxima semana

    Gramado da Arena Corinthians será substituído na próxima semana

Agendado para este sábado (16), o show Monster Jam, com os chamados "caminhões monstro", marca o último evento do gramado instalado na Arena Corinthians para a realização da Copa do Mundo de 2014. O piso será todo substituído após três anos e meio para a colocação de uma nova grama, idêntica a anterior, em um processo natural. O Corinthians só deverá jogar em seu estádio novamente na última quinzena de fevereiro. 

Gerente de operações da World Sports, André Amaral é quem lidera o processo de manutenção e também substituição do gramado da Arena. A empresa cuida de diversos campos, principalmente em São Paulo, como o Allianz Parque, o Pacaembu e a Vila Belmiro, entre outros.

Nesta entrevista, André tira dúvidas e conta algumas curiosidades sobre esse processo, que envolveu a ida dele a Manchester e a vinda de um profissional ao Brasil para auxiliar a mudança. 

Aprendizado até em Old Trafford

"Essa é a primeira grama de inverno no Brasil. É um aprendizado. Nesses três anos, foram puro aprendizado. Estive em junho no Manchester United, em Old Trafford, para acompanhar a troca, porque é exatamente igual. Vi toda a renovação do gramado. Mesmo assim, vamos contar com suporte dessa empresa que fez o trabalho no Manchester para ser o mais tranquilo possível". 

Tempo de troca deve ser menor no próximo ciclo

"Na Europa, se troca todo ano, mas aqui a gente avaliava o comportamento. (...) O prazo de três anos é perto do ideal, agora vamos estudar em quanto tempo trocar. Com a chegada de mais eventos, pode se tornar uma troca anual ou de dois em dois anos. Acredito que com esse evento (Monster Jam) aconteçam mais eventos. Nós nos preparamos para isso". 

Sementes importadas

"A grama vem em sementes, que são importadas dos Estados Unidos. Nós vamos preparar o terreno, raspar a camada da grama antiga, eliminar a areia antiga. Então, é feita uma preparação do terreno para receber uma areia nova, depois é semeada a nova e é só aguardar o tempo de germinação para deixar tudo pronto". 

Dois meses para os jogos voltarem 

"No dia 17 e 18 (domingo e segunda) começa a desmontagem. No dia 19 já cedo, a World Sports entra com as máquinas para fazer toda a renovação. A grama é absolutamente igual, é a Rye Grass. É a grama de toda a liga inglesa e principais ligas da Europa. Como essa é a primeira vez que plantamos a grama de inverno no verão, a perspectiva é de mais ou menos em torno de dois meses para voltarem os jogos". 

Caminhões não causarão nenhum dano

Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Monster Jam, evento que será realizado na Arena neste sábado, teve treinamento na sexta

"O gramado está embaixo da terra, que é uma proteção. O gramado velho foi isolado com três camadas de materiais diferentes. Depois de tudo, a gente vai raspar o gramado". 

Grama de Itaquera é mais resistente para shows

"Quando se cobre o piso corretamente e tira dois dias antes de terem os jogos, você não precisa replantar grama. Só faz a recuperação, como em outras arenas. Essa grama também é mais resistente para esse tipo de evento que outros gramados que recebem shows no Brasil. Se coloca uma madeira em cima, e não se usa o tipo de piso adequado para proteção do gramado, dependendo do tipo do evento haverá necessidade de troca do gramado". 

Grama da Europa no Brasil

"Debaixo do gramado, são 22 quilômetros de tubulação passando com água gelada para manter o solo gelado e para a grama sobreviver no Brasil".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos