Cerveja proibida nos Emirados? Gremistas dão um "jeitinho" antes de final

Luiza Oliveira

Do UOL, em Abu Dhabi (Emirados Árabes)

  • Luiza Oliveira/UOL Esporte

    Proibido tomar cerveja nos Emirados? Gremistas dão um jeitinho e 'calibram' antes de final

    Proibido tomar cerveja nos Emirados? Gremistas dão um jeitinho e 'calibram' antes de final

Tomar cerveja na rua é proibido nos Emirados Árabes. Mas os gremistas deram um jeitinho para fazer um esquenta para a final contra o Real Madrid, no Zayed Sports Stadium, às 15h, em Abu Dhabi.

Vários torcedores lotaram um pub ao lado do hotel onde a delegação tricolor está hospedada e não economizaram nos litros de chopp.

Os pints não paravam de sair e os copos se aglomeravam em cima da mesa. Alguns até acabaram quebrando

"A cerveja custa R$25, mas está bom. Não pode beber em teoria porque nós já bagunçamos tudo", brincou o torcedor Bernardo Schuch.

Os torcedores cantavam 'Grêmio, Grêmio' a plenos pulmões e se mostraram otimistas com a partida de logo mais.

"Vai ser 1 X 0 com gol do Kannemann. O nosso cão de guarda. Tem que ter uma estátua para ele e outra para o Renato", afirmou Carlos Colete.

Johnny Di Domenico achava que o jogo seria difícil, mas apostava num gol de Jael. O atacante trava uma briga com Lucas Barrios para saber quem será titular no jogo de hoje.

"Vai ser pegado. 1 X 0 para o Grêmio", afirmou

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos