Topo

Futebol


Inter condiciona permanência de Paulão a salário integral. Vasco silencia

Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Paulão comemora com Nenê o gol do Vasco diante do Cruzeiro, no Mineirão, pelo Brasileirão Imagem: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

16/12/2017 10h04

O Inter vive expectativa de manter Paulão no Vasco. Mas não tem tal garantia. Ao ser informado da intenção do clube carioca na sequência dele por lá, o Colorado condiciona isso ao pagamento do salário integral.

O Vasco informou que pretende a sequência de Paulão no clube, mas gostaria de dividir os salários dele. No segundo semestre deste ano, o molde já era de pagamento integral dos cariocas. Os vencimentos mensais batem em R$ 250 mil. Só que o defensor terminou a temporada sem frequência no time titular.

Desta forma, a direção vascaína considerou, inicialmente, o valor alto para um atleta que não está sempre na equipe de cima. Ou seja, reluta em movimentar-se para manter o empréstimo dele. A compra de direitos é opção remota.

O Inter espera o vencimento do contrato dele por lá - no fim deste mês - para iniciar movimento de recolocação dele no mercado. Paulão não será aproveitado no elenco no ano que vem.

A direção do Inter não é definitiva. Espera as movimentações de mercado para determinar o que será feito do zagueiro de 31 anos cujo contrato com Colorado vai até 2019.

Paulão jogou 24 partidas e marcou um gol pelo Vasco em 2017. No primeiro semestre, ainda no Inter, tinha feito 12 jogos com um gol marcado. A reportagem do UOL Esporte ainda apurou que outros clubes já fizeram sondagens ao atleta de olho na temporada que vem.
 

Mais Futebol