Gremistas enfrentam saga para entrar com bandeirão barrado por Árabes

Luiza Oliveira

Do UOL, em Abu Dhabi (Emirados Árabes)

  • Luiza Oliveira/UOL Esporte

    Torcedores do Grêmio enfrentam saga para entrarem com bandeirão 'ofensivo' barrado por Árabes

    Torcedores do Grêmio enfrentam saga para entrarem com bandeirão 'ofensivo' barrado por Árabes

Uma torcida organizada do Grêmio está vivendo uma saga para conseguir entrar com seu bandeirão no estádio Zayed Sports City para a final contra o Real Madrid, às 15h. Os integrantes da Máfia Tricolor confeccionaram uma bandeira de cerca de 10 m de comprimento com a palavra Máfia escrita. Mas o artefato não foi bem visto pelos árabes.

No jogo da semifinal contra o Pachuca, o bandeirão foi barrado na entrada pelo tamanho. Eles precisaram cortar em três pedaços para que fosse permitido.

Já dentro da arena, eles conseguiram colar com fita adesiva. Mas quando ergueram a bandeira, cerca de sete árabes fiscais da Fifa se aproximaram e pediram para retirar porque a palavra 'Máfia' foi considerada ofensiva.

"Eles não conseguiram entender que é só o nome da torcida. Mas a gente vai conseguir entrar. Não vamos desistir nunca porque estamos representando quem não conseguiu vir do Brasil", disse o presidente da torcida Cristian Garcia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos