"Comi McDonald's com Cantona na prisão", conta ex-segurança do United

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (ING)

  • Reprodução

Craque indomável, Eric Cantona colecionou gols impossíveis e desavenças ao longo dos 14 anos de carreira (1983-1997). Com passagens curtas e turbulentas por alguns clubes da França, sua terra natal, e até uma aposentadoria abortada, o ex-atacante desembarcou no início dos anos 1990 na Inglaterra, onde atingiu o auge. Logo na primeira temporada, conquistou o Campeonato Inglês pelo Leeds, na edição predecessora (1991/92) ao surgimento da Premier League. Na era moderna do futebol inglês, virou rei de Manchester vestindo vermelho. Também foi pelo United que protagonizou um episódio memorável, fruto da personalidade rebelde.

Em 25 de janeiro de 1995, o Crystal Palace recebeu o Manchester United no Selhurst Park. Então defensores do título, os Diabos Vermelhos viajaram ao sul de Londres na vice-liderança, dois pontos atrás do Blackburn, contra quem o time de Alex Ferguson tinha jogado três dias antes e vencido por 1 a 0 com gol da estrela da equipe: Eric Cantona.

Com o placar inalterado, a noite gelada de inverno na capital britânica esquentou no início do segundo tempo. Cantona se irritou com as entradas duras de Richard Shaw, zagueiro do Palace, e acabou expulso após chutar o adversário. Os momentos seguintes ao cartão vermelho marcaram para sempre a história da liga nacional de futebol mais badalada no planeta.

No caminho até o vestiário, o camisa 7 eternizou uma voadora em Matthew Simmons, hooligan do time da casa que atiçou os nervos do visitante com ofensas na beira do campo. Confusão armada, os funcionários do Manchester United tiveram de intervir para evitar o pior.

"Eu estava assistindo ao jogo da arquibancada e tudo começou de repente", relembra ao UOL Esporte Ned Kelly, ex-chefe de segurança do United por 12 anos. "A minha reação imediata foi entrar em campo, tirar Eric dali e levá-lo para o vestiário, onde ele ficou em absoluto silêncio que dava até parar cortar o ar com uma faca. A minha relação com Eric começou naquela noite".

"Ele voltou para Manchester totalmente calado. No caminho, elaboramos um plano com a segurança do aeroporto para Eric sair para um caminho alternativo e evitar a imprensa. Ele entrou no carro dele e foi direto para casa".

Era o início do período mais turbulento da carreira de Cantona. Preocupada com a reputação do Manchester United, a diretoria multou o astro e o suspendeu por quatro meses. A Football Association (FA), órgão de governança da modalidade no país, impôs oito meses de gancho. Ou seja, ele só voltaria a jogar na temporada seguinte. O caso também foi parar na justiça.

Reprodução/BBC

No dia 25 de março de 1995, Ned Kelly escoltou Cantona no meio de incontáveis câmeras e jornalistas na porta da Corte de Croydon, em Londres. A sentença foi de duas semanas de prisão, com validade imediata.

"Depois do resultado, tive de acompanhá-lo até a cela, e um dos policiais disse ao Eric para não comer a comida de lá, porque era uma porcaria", relata Kelly. "Como tinha um McDonald's na mesma rua, pedi para um guarda comprar dois Big Macs, batata frita e Coca-Cola, e foi isso o que comemos".

A detenção durou algumas horas, até o United recorrer e conseguir transformá-la em 120 horas de serviço comunitário.

Reprodução

O retorno aos gramados aconteceu em outubro daquele ano, em grande estilo: um gol e uma assistência no empate em 2 a 2 contra o arquirrival Liverpool, em Old Trafford. A campanha terminaria com mais um título da Premier League para Cantona pelos Diabos Vermelhos – ele conquistou quatro ligas no total, além de duas Copas da Inglaterra (uma naquela mesma temporada) e três Supercopas do país.

Amante das artes plásticas, do teatro e do cinema, o francês se aposentou precocemente aos 30 anos, em 1997, e passou a se dedicar a atividades culturais e a campanhas de publicidade.

Este mês de dezembro marca 25 anos da estreia de Eric Cantona pelo Manchester United. São 185 jogos, 82 gols – e uma voadora. O futebol inglês nunca mais foi o mesmo.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos