Geromel cresce no Mundial e encanta estafe da seleção

Luiza Oliveira e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Abu Dhabi (EAU) e no Rio de Janeiro

Pedro Geromel mostrou porque é carinhosamente chamado de 'Geromito' pela torcida do Grêmio. Na final do Mundial de Clubes contra o Real Madrid, o zagueiro foi o destaque do jogo e deu muito trabalho para Cristiano Ronaldo, Benzema e companhia. As boas atuações, mesmo com a derrota na final, fizeram o jogador se fortalecer durante a disputa do torneio e agradar o estafe da seleção brasileira.

O zagueiro foi quase irretocável na final. Cortou todos os cruzamentos, desarmou fora da área e saiu para dar combate sempre bem posicionado. Ele já havia sido um destaque da semifinal contra o Pachuca em que interceptou bem alguns lances e impediu os ataques rivais de forma eficiente. 

Na avaliação da comissão técnica da seleção brasileira, o capitão do Grêmio ganhou pontos e se tornou o favorito da vaga ainda aberta na zaga do grupo de Tite. Ele ficou ainda mais bem cotado por causa de sua atuação tanto no Mundial quanto na fase final da Libertadores, em que ele segurou Godoy Cruz-ARG, Botafogo e Barcelona-EQU.

Na narração para a TV brasileira, até Galvão Bueno se rendia ao desempenho de Geromel. A cada intervenção do capitão gremista, o narrador da TV Globo exaltava a fase do jogador. E assim foi durante toda a partida.

O defensor Tricolor surge como opção para compor a linha de quatro nomes ao lado de Marquinhos, Miranda e Thiago Silva. Geromel só foi convocado uma vez por Tite em agosto do ano passado quando Rodrigo Caio se machucou e ele o substituiu nos jogos contra o Equador e a Colômbia.

O jogador espera ser lembrado mais uma vez. "Esse é o meu objetivo agora, a gente está a seis meses praticamente da Copa do Mundo. Eu faço o meu melhor sempre para representar o Grêmio, para ajudar o Grêmio. Foi assim que eu cheguei na seleção e assim que eu espero voltar", disse, após a despedida do Mundial.

A quarta vaga de Tite para a zaga ainda está aberta. Um dos favoritos ao posto, Jemerson não vem em boa fase tanto no Monaco quanto na seleção desde a última convocação. Ele ainda falhou em um gol contra o Japão. O são-paulino Rodrigo Caio, que costuma ser lembrado por Tite, teve um segundo semestre irregular.

Felipe, do Porto, é outro que tem boas chances. Ele até vinha bem, mas foi expulso ainda no primeiro tempo justamente no jogo que a comissão de Tite o acompanhou in loco. Gil ainda corre por fora, mas está longe da sua melhor forma física e não vem sendo lembrado por Tite recentemente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos