Grêmio elogia Marinho, mas dá preferência para reforço mais barato

Jeremias Wernek e Luiza Oliveira

Do UOL, em Abu Dhabi (EAU) e Porto Alegre

  • Vinicius Castro/UOL

Marinho, ex-Cruzeiro e Vitória, foi oferecido ao Grêmio e agrada. Mas o meia-atacante, atualmente no Yatai-CHI não pode ser colocado como um reforço certo no Tricolor. O entrave é financeiro. Aos olhos do clube gaúcho, os valores necessários para uma negociação são altos.

Aos 29 anos, Marinho tem salário pesado na Ásia. E a operação exigiria cerca de 3 milhões de euros (R$ 11,6 milhões na cotação atual), segundo apurou o UOL Esporte.

"O Marinho é um jogador que teve uma boa temporada, está sendo avaliado, mas entendemos que tem outros jogadores que podem ter um custo benefício mais acessível", disse Odorico Roman, vice de futebol do Grêmio.

Aos olhos do Grêmio, uma investida em Marinho só seria viável se algum titular do time campeão da Libertadores e vice do Mundial fosse vendido. E também se houvesse redução nas cifras atuais, apresentadas em uma consulta recente.

Antes de embarcar para os Emirados Árabes, o Tricolor admitiu análise do nome de Marinho. O jogador formado pelo Fluminense, com passagem por Inter e Ceará, agrada Renato Gaúcho e os dirigentes pela velocidade e bom arremate. Mas ao mesmo tempo deixa uma pulga atrás da orelha por ser um investimento alto e com idade já avançada.

Nos últimos dias, Marinho passou a comentar diversas fotos de atletas do Grêmio. Com votos de boa sorte no Mundial, o meia-atacante se mostrou próximo do elenco. Em vários momentos do ano, o grupo de atletas ajudou a comissão técnica a decidir pela contratação de reforços. Esse caso ocorreu com Bruno Cortez e Léo Moura. Cristian e Cícero também encorpam a lista.

O plano do Grêmio para 2018 é manter a base do time e buscar reforços para eventuais saídas. Desde já, o clube abre a procura por um centroavante que possa ocupar o lugar de Lucas Barrios, fora após não renovar vínculo. Fernandinho, com contrato por encerrar e ainda sem acordo para permanecer, é outro que deve deixar brecha na equipe titular.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos