Rafinha é a prioridade, mas Cruzeiro trata Edílson como plano B na lateral

Enrico Bruno, Marinho Saldanha e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte e em Porto Alegre

  • Ricardo Rímoli/AGIF

    Cruzeiro não fez consulta, mas pensa em Edílson em caso de "não" de Rafinha

    Cruzeiro não fez consulta, mas pensa em Edílson em caso de "não" de Rafinha

O Cruzeiro já sabe em quem tentar investir caso Rafinha opte por ficar no Bayern de Munique ou prefera fechar com outro clube para 2018. A alternativa da diretoria para a lateral direita é Edílson, hoje no Grêmio.

Nenhuma consulta ou proposta foi realizada por parte dos mineiros para o Grêmio pelo jogador de 31 anos. Uma eventual procura tem chances de acontecer apenas se a Raposa não conseguir repatriar Rafinha para o Brasil, que definirá seu futuro nas próximas semanas.

Vale lembrar que Edílson é um dos homens de confiança de Renato Gaúcho no Grêmio. Mesmo com a forte concorrência de Léo Moura no setor, treinador e diretoria não estão dispostos a abrir mão do lateral. No retorno da delegação gremista do Mundial de Clubes, o jogador comentou brevemente sobre o assunto e negou ter recebido qualquer tipo de contato.

"Não é hora de pensar nisso, é hora de curtir as férias. Qualquer coisa que chegar a gente vai analisar. Mas não teve nada", disse.

Rafinha definiu prazo para resolver futuro

Enquanto pensa no plano B, o Cruzeiro segue atento à situação de Rafinha. A intenção da diretoria estrelada é de chegar ao dia 3 de janeiro, data da reapresentação celeste, com todos os reforços para 2018 já contratados ou pelo menos encaminhados. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Rafinha comentou sobre sua reunião com a cúpula do Bayern de Munique e espera ter tudo resolvido até o início do ano que vem.

"Eu gostaria muito que se decidisse (sua situação) o mais rápido, mas não posso pressionar (o Bayern). Sei que sou um jogador importante aqui (na Alemanha), a vontade deles é contar comigo. Não posso pressionar para me liberar. Em janeiro posso assinar um pré-contrato com outro clube, se eu não for continuar. Até o começo do mês de janeiro vou saber qual vai ser meu próximo clube ou se vou continuar no Bayern", disse.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos