Atleta deixa time colombiano e acusa ex-companheiro de assediar sua mulher

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Ovelar disse que não há mais clima para seguir no Junior de Barranquilla após polêmica

    Ovelar disse que não há mais clima para seguir no Junior de Barranquilla após polêmica

O atacante Roberto Ovelar comunicou que deixa o Junior Barranquilla após sua mulher ser assediada supostamente por Teo Gutiérrez, atacante da equipe. Em nota oficial, Ovelar afirma não ter mais clima para seguir na equipe após o episódio e que esse atrito com Gutiérrez prejudicaria todo o elenco.

No comunicado, Ovelar diz que sua mulher o procurou para denunciar mensagens amorosas enviadas pela conta oficial de Téo Gutiérrez. Ovelar chamou Gutiérrez para conversa. Gutiérrez, na época, negou ter assediado e disse que não comandava sua conta oficial nas redes sociais.

A pessoa que seria a responsável por publicar na conta de Téo também negou qualquer mensagem para a mulher. Sem saber o autor das mensagens, Ovelar preferiu se desligar do Junior Barranquila.

"Gostaria de que isso fosse resolvido de outra forma, mas não contava com pessoas inescrupulosas e sem moral algum, enviando mensagens e áudios que causaram escândalo em minha vida privada", comunicou Ovelar.

"Deixo o clube lembrando de grandes momentos e de grandes amigos que fiz", finalizou.

 

El éxito se disfruta con quien te ayudo a conseguir 💑 @angieygladys19

A post shared by Bufalo Ovelar ⚽ (@bufaloovelar85)

on

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos