Conmebol abre processo contra o Grêmio por dossiê de arbitragem

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • AFP PHOTO / JUAN MABROMATA

    Jogadores do Grêmio comemoram o título da Libertadores de 2017 após bater Lanús

    Jogadores do Grêmio comemoram o título da Libertadores de 2017 após bater Lanús

A Conmebol abriu processo administrativo contra o Grêmio. O movimento se dá por conta do dossiê apontando supostos erros de arbitragem montado pelo clube gaúcho após o primeiro jogo da final da competição. 

O Grêmio montou uma lista de supostos equívocos dos juízes e encaminhou a vários destinatários. Além da própria Conmebol, que recebeu o Grêmio depois daquela decisão e antes do jogo derradeiro, mandou o documento aos patrocinadores da competição, alegando que tais atitudes tiravam a credibilidade da Copa e pedindo providências. 

A atitude desagradou a Conmebol, que optou por abrir processo administrativo contra o clube. Não há certeza sobre quais punições são previstas. A reportagem do UOL Esporte tentou contato com a entidade, mas não foi atendido até o fechamento desta reportagem. 

O Grêmio, por sua vez, não mostra-se muito preocupado com o que possa ocorrer. É possível uma multa ou mesmo advertência, sob a ótica gremista. 

Campeão da Libertadores, o Tricolor estará representado por seu presidente no sorteio da próxima edição do torneio, que ocorre nesta quarta-feira, no Paraguai. Romildo Bolzan Júnior, também, tomará ciência de todos os detalhes do processo. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos