Denunciado à Fifa, Barcelona diz não ter cometido nenhuma irregularidade

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Wolfgang Rattay

O Barcelona negou ter tido qualquer contato com Antoine Griezmann. Em entrevista ao jornal "Marca", um porta-voz do clube afirmou que nenhuma irregularidade foi cometida. Nesta terça-feira (19), o Atlético de Madri denunciou a equipe catalão à Fifa por assédio ao atacante francês.

"O Barcelona não negociou com nenhum jogador, por isso entendemos que nenhuma irregularidade foi cometida", afirmou o porta-voz.

A irritação do Atlético de Madri começou quando Guillermo Amor, responsável pelas relações institucionais do Barcelona, disse que "há uma boa aproximação e sintonia" entre Griezmann e o Clube.

A ideia do Barcelona seria contratar Griezmann apenas no meio do ano, quando sua cláusula de rescisão cairia para 100 milhões de euros. O clube, no entanto, planeja adquirir o atacante por meio de uma venda normal, não acionando a cláusula de rescisão.

Caso acionasse a cláusula de rescisão, Griezmann é quem teria de desembolsar os 100 milhões de euros. Além da carga tributária que teria de pagar, o jogador teria de explicar à Receita Federal de onde vieram os 100 milhões de euros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos