Garoto que deixa Dorival "entusiasmado" prega cautela por sonho no SP

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Everton Silveira/saopaulofc.net

    Antony disputa bola com palmeirense na final da Copa RS no último domingo

    Antony disputa bola com palmeirense na final da Copa RS no último domingo

Em novembro, o técnico Dorival Júnior concedeu entrevista ao Blog do Menon, do UOL Esporte, e foi perguntado sobre qual jogador da base o deixava entusiasmado. A resposta envolveu o meia Helinho, que defendeu a seleção brasileira sub-17 no Mundial da categoria neste ano, e o ponta Antony, campeão invicto da Copa RS em virada épica contra o Palmeiras no último domingo.

Antony foi ganhando espaço ao longo da competição disputada no Rio Grande do Sul. Canhoto e habilidoso, alternava com o já consolidado Caíque no time sub-20 para municiar os centroavantes. Na decisão, participou de um dos gols do Tricolor, que atuou boa parte do tempo com um jogador a menos, buscou o empate duas vezes e virou o jogo aos 48 minutos do segundo tempo - Walce, Gabriel Novaes, Tuta e Bissoli marcaram os gols que garantiram o tricampeonato consecutivo aos são-paulinos.

Arquivo pessoal
Antony posa com medalha e troféu da Copa RS

O desempenho ajuda, é claro, a manter a avaliação de Dorival em alta, mas a comissão técnica profissional tem cuidados a tomar, como foi feito com Brenner. Considerado o grande nome da base atualmente, ele custou a receber chances para evitar que a crise tricolor forçassem ele a queimar etapas. A ideia é ter paciência com atletas mais jovens como Antony, Helinho e o lateral-esquerdo Weverson. 

"Fico feliz com os elogios (do Dorival), isso mostra que estão nos acompanhando. Claro que todo jogador sonha em chegar ao profissional e minha meta é essa também. Futebol é feito de etapas, degraus e procuro passar por cada uma delas. Estarei preparado para quando meu momento chegar", projeta Antony.

A Copa RS serviu de laboratório para o time que deve ser usado em janeiro pelo técnico André Jardine na Copa São Paulo, principal torneio sub-20 do país. Antony, que assinou contrato profissional apenas em junho e fará 18 anos em fevereiro, mostrou evolução rápida no segundo semestre e está perto de "furar a fila" para jogar a Copinha.

"A Copa São Paulo é o principal torneio da base e um grande objetivo para mim. Sonho com isso e espero fazer parte. Vou trabalhar forte para realizar esse sonho. Meu pensamento agora é esse. As conquistas foram importantes, mas agora tenho de focar nesta disputa", disse o ponta, que foi campeão pelo sub-17 da Taça BH e do Tri-Series, no Qatar, nesta temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos