Atrás de centroavante, Grêmio sonda Henrique Dourado mas prevê concorrência

Léo Burlá e Marinho Saldanha

Do UOL, no Rio de Janeiro e em Porto Alegre

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Henrique Dourado é desejo do Grêmio, que monitora situação do goleador do Brasileiro

    Henrique Dourado é desejo do Grêmio, que monitora situação do goleador do Brasileiro

O Grêmio contratará ao menos um centroavante para a próxima temporada. Após a saída de Lucas Barrios, a lacuna no comando de ataque precisa ser completa. E o primeiro nome na lista de monitorados para posição é Henrique Dourado, do Fluminense. O Ceifador, porém, é alvo de uma série de clubes no Brasil e fora dele.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, Henrique está nos planos de clubes brasileiros e chineses. Não houve, ainda, proposta oficial de qualquer destino por ele. O jogador esteve em Porto Alegre na última terça-feira, reunido com seu empresário.

O Grêmio tem nele um desejo antigo. Antes de firmar com Barrios, Henrique já esteve nos planos do Tricolor. Com 28 anos, o artilheiro do último Brasileiro marcou 32 gols em 59 jogos na temporada e foi alvo de sondagens gremistas recentemente, mas a negociação ainda não avançou.

Pesa em favor do Grêmio numa eventual negociação a necessidade financeira do Fluminense. O clube carioca passa por reestruturação e precisa de fundos para investir na próxima temporada. Vender Dourado soa interessante, porém o valor será elevado devido à valorização da última temporada.

Incerteza até na reserva

Ao mesmo tempo que sabe que precisará de um titular, o Grêmio não tem certeza sequer da permanência do reserva no comando de ataque para 2018. Jael tem vínculo no fim e ainda não houve movimento de renovação.

Com uma cirurgia de ligamentos no joelho e nenhum gol na última temporada, o jogador aguarda proposta e diz ter investidas de outros clubes, mas o desejo de permanecer em Porto Alegre.

A direção do Grêmio pretende primeiro renovar o contrato de Renato Gaúcho para depois agir no mercado da bola. O ideia é ter Portaluppi por mais um ano no comando da equipe.

Até o fim de 2017, mais cinco jogadores precisam, também, ter situações resolvidas. Fernandinho, Bressan, Bruno Rodrigo, Cícero e Cristian têm vínculos por se encerrar. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos