Abraço de técnico em gandula marca queda do United para time da 2ª divisão

Do UOL, em São Paulo

A surpreendente eliminação do Manchester United para o Bristol City na Copa da Liga Inglesa, na última quarta-feira, ficou marcada por uma cena inusitada. O técnico Lee Jonhson não conteve a alegria e deu um abraço em um garoto que trabalhava como gandula ao comemorar o gol de Korey Smith aos 51 minutos nos acréscimos do segundo tempo.

Em entrevista após o jogo, o treinador da equipe que disputa a segunda divisão inglesa explicou o gesto e exaltou o feito do seu time, que venceu a partida por 2 a 1

"Eu correria para dentro campo, então percebi que não podia. Então, foi ótimo vê-lo (o menino gandula). Eu precisava comemorar com alguém. Você não bate o Manchester United se você for Bristol City, a menos que cada jogador esteja fazendo trabalho de um homem e meio. Esses jogadores agora terão este feito para sempre", disse.

Depois de eliminar o United, o Bristol City terá o Manchester City como adversário das semifinais. Chelsea e Arsenal se enfrentam na outra semifinal.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos