Cruzeiro faz última oferta ao São Paulo por manutenção de Hudson

José Eduardo Martins e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Cruzeiro

    Cruzeiro tenta manutenção definitiva de Hudson na Toca da Raposa

    Cruzeiro tenta manutenção definitiva de Hudson na Toca da Raposa

A última tentativa para ficar com Hudson. É assim que o Cruzeiro trata a oferta de 700 mil euros (R$ 2,67 milhões) por 25% dos direitos do volante que pertence ao São Paulo. Itair Machado, vice de futebol, não está disposto a apresentar um valor superior a esse para contar com o meio-campista de 29 anos. A dificuldade em revendê-lo é o principal fator.

Sem dinheiro em caixa, os mineiros prometem pagar a quantia ofertada a partir de 10 de janeiro, quando haverá grana disponível para contratações. O cenário é idêntico ao de Bruno Silva. O valor oferecido aos paulistas será pago com recursos do clube de Belo Horizonte. A intenção é entregar o montante à vista ao time do Morumbi.

Esta será a terceira oferta dos mineiros para contar com Hudson de forma definitiva. A primeira foi uma tentativa de troca com o lateral esquerdo Edimar, mas a tentativa foi recusada por paulistas. A segunda foi de 400 mil euros (R$ 1,52 milhão) mais 25% dos direitos de Lucca. Como o atacante pode ser negociado pelo Corinthians, detentor dos direitos federativos, com outro clube, não houve acordo.

Os mineiros esperam solucionar o caso envolvendo a manutenção de Hudson até o Natal. A sua permanência na Toca da Raposa II é um pedido de Mano Menezes. Vale lembrar que a cláusula do empréstimo de Hudson estabelece um valor de 1,5 milhão de euros (R$ 5,72 milhões) por 50% dos direitos do atleta. O acordo do jogador com os mineiros termina em 31 de dezembro.

O São Paulo aguarda a proposta do Cruzeiro ser oficializada. Até por conta da renovação do contrato de Jucilei, o clube do Morumbi está em situação confortável para tomar a sua decisão. Segundo apurou o UOL Esporte, o agente de Hudson, Luciano Couto, já teve uma reunião com a diretoria paulista para discutir a possibilidade de o volante retornar.

A comissão técnica e o departamento de futebol acreditam que o jogador tem potencial para reforçar o elenco. No entanto, o São Paulo está mais preocupado em contratar atletas para outros setores. Por isso, também não está descartado um novo empréstimo para o Cruzeiro ou uma negociação com outra equipe - sendo que a ideia de envolver um atleta em uma troca é vista com bons olhos também.

Lucca, por exemplo, é muito bem avaliado pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e tem 25% dos seus direitos econômicos vinculados ao Cruzeiro. No entanto, para acertar com o atacante, o Tricolor precisaria entrar em um acordo com o Corinthians, que detém 60% dos direitos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos