Fluminense admite contato por Fred em meio a apresentação de Autuori

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Reprodução Twitter

    Fred recebe camisa do Flu das mãos do presidente Pedro Abad em novembro deste ano

    Fred recebe camisa do Flu das mãos do presidente Pedro Abad em novembro deste ano

O Fluminense preparou uma entrevista coletiva em sua sede, no início da tarde desta quinta-feira, para apresentar oficialmente Paulo Autuori como seu novo diretor esportivo de futebol, mas o que chamou a atenção foi a declaração do presidente do clube, Pedro Abad, admitindo que entrou em contato com representantes do atacante Fred, do Atlético-MG, numa tentativa de possível retorno do jogador às Laranjeiras.

"Negociação não gostamos de nos manifestar. Mas quando se fala do Fred, é diferente. O Fred é de um tamanho absurdo. Falo que entrei em contato com o agente dele. Claro que o Fluminense tem interesse em tê-lo de volta. Mas o jogador tem liberdade para escolher o futuro dele. O Fluminense está atento, não está à margem desse processo", declarou o dirigente.

Abad ressaltou a identificação de Fred com o Fluminense, mas fez questão de se mostrar cauteloso com a negociação:

"Transcende tudo que você falou. As crianças enxergam ele diferente. Ele mexe com o público. Qualquer jogador que tem a história que ele tem aqui é muito importante e tem que ser vista com carinho. Não estou falando de coisas que estão acontecendo. Estamos analisando. Não quero causar falsas esperanças. Estamos analisando".

Fred é ídolo do clube, onde se tornou bicampeão brasileiro e um dos maiores artilheiros da história do Tricolor. Ele não deve permanecer no Atlético-MG e negocia com o grande rival do Fluminense, o Flamengo.

Para vencer este "Fla x Flu", o clube terá que ser criativo, isso porque os Rubro-Negros acenam com um salário nivelado com o de Guerrero, na casa dos R$ 900 mil. O Fluminense, como se sabe, não atravessa um momento financeiro tranquilo. 

Autuori: "Gosto de estar ao lado de pessoas sérias"

 Novo diretor esportivo de futebol, substituindo Alexandre Torres, o ex-treinador Paulo Autuori definiu o motivo da escolha pelo Fluminense:

"Uma satisfação e orgulho poder estar vinculado a um clube da excelência e história do Fluminense. O que me fez vir para cá? Simples e objetivo: já há algum momento da minha vida profissional, gosto de estar ao lado de pessoas sérias, transparentes e com ideias. Desde que estive de frente com Pedro Abad e Marcus Vinicius, senti isso".

Autuori também avaliou a possibilidade de trabalhar em conjunto com seu amigo Abel Braga.

"Mais do que títulos, o Abel é um campeão da vida. Por isso, tenho orgulho e satisfação de estar do lado dele. Posso ter muitos títulos, muitas faixas de campeão que possa me fazer curvar, mas nada é mais significativo do que ser um campeão da vida. Isso transcende o futebol. Mais do que isso, tenho uma amizade com Abel há muito tempo", declarou.

*Mais informações em instantes
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos