Pedido por Oswaldo, Danilo volta ao Atlético-MG após empréstimo à Ponte

Marcello de Vico e Victor Martins

Do UOL, em Santos e Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético

    Danilo volta ao Atlético-MG a pedido de Oswaldo de Oliveira

    Danilo volta ao Atlético-MG a pedido de Oswaldo de Oliveira

Apesar do rebaixamento da Ponte Preta, o lateral esquerdo Danilo foi um dos destaques do time de Campinas na última edição do Campeonato Brasileiro. Atuando como meia e vestindo a camisa 7 da Macaca, Danilo disputou 24 jogos e marcou seis gols. O bom desempenho pela Ponte Preta fez com que o jogador fosse chamado de volta ao Atlético-MG.

Emprestado ao clube de Campinas até o término do Campeonato Paulista de 2018, Danilo foi escolhido por Oswaldo de Oliveira para ser o reserva imediato de Fábio Santos na próxima temporada. Assim, o Atlético fez valer uma cláusula do contrato de empréstimo com a Ponte, que dava ao clube mineiro o direito de chamar o jogador de volta ao término do Brasileirão.

Com a escolha de Danilo para ser o segundo lateral esquerdo para a temporada 2018, o Atlético já negocia os jogadores da posição que estavam à disposição de Oswaldo de Oliveira nos meses finais de 2017 e não vão seguir na Cidade do Galo. O jovem Leonan, revelado pelo Galo, já acertou sua ida para o Fortaleza, clube que vai defender até o fim do ano que vem. Falta agora encontrar um destino para Mansur, que fechou a temporada como o reserva de Fábio Santos.

Danilo chegou ao Atlético após se destacar pelo rival América-MG. Transação que custou R$ 600 mil ao clube alvinegro. E os primeiros meses de Danilo na Cidade do Galo foram bons. Ainda sob o comando de Roger Machado o lateral passou a ganhar mais espaço no time, quase sempre atuando pelo meio. No total foram 18 partidas pelo Galo e três gols marcados. Mas aos poucos, Danilo perdeu espaço, até ser emprestado para a Ponte Preta.

Além de Danilo, outros jogadores retornam de empréstimos, mas ainda não tiveram suas situações esclarecidas pelo Atlético. Casos do lateral direito Patric, do meia-atacante Hyuri e do atacante Carlos. Dos atletas citados, Carlos é o que tem menos concorrentes no elenco, já que Rafael Moura não renovou contrato e o Atlético não tem um centroavante reserva. A temporada 2018 do Atlético começa em quatro de janeiro, com a apresentação dos jogadores para o primeiro treino do ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos