Coritiba lida com assédio de clubes em cima de seus principais jogadores

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • REINALDO REGINATO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Wilson tem sondagem do futebol turco

    Wilson tem sondagem do futebol turco

Um dos desafios da nova diretoria nesses primeiros dias à frente do Coritiba está sendo lidar com o assédio de vários clubes em cima de seus principais jogadores. Equipes que ascenderam à Série A, como o América-MG, ou times que permaneceram na elite, como o Vitória, aproveitam a reformulação do Coxa após a queda para a Série B para tentar tirar alguns valores do elenco alviverde.

Nem sempre o caminho envolve o Coritiba. Kléber Gladiador, por exemplo, foi cotado no América-MG sem que o Coxa sequer fosse consultado, conforme apurou o UOL Esporte. Kléber tem contrato até o final de 2018. Outro destaque, o goleiro Wilson, já foi especulado até mesmo no rival Atlético-PR, o que não foi confirmado pelo empresário, que no entanto revelou que uma equipe do futebol turco o sondou. Ele tem contrato até 2020.

O volante Matheus Galdezani chegou a ter portas abertas no Santos, que poderia assumir a dívida do Coxa com o Mirassol-SP pela compra do jogador. Entretanto, as mudanças nas duas diretorias – o Santos também teve eleições neste mês e tem novo presidente – esfriaram o negócio. O meia-atacante Yan Sasse, que esteve em campo em 11 jogos com 2 gols neste ano, tem proposta do Bahia, confirmada pelo seu empresário, mas depende da liberação do Coxa. Aos 20 anos, ele tem a pretensão de atuar mais nesta temporada. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos