Juventus bate Roma com placar mínimo e segue na cola do Napoli no Italiano

Do UOL, em São Paulo

  • Marco Bertorello/AFP

Hexacampeã consecutiva do Campeonato Italiano, a Juventus continua forte na briga por mais um título nacional. Neste sábado (23), a equipe treinada por Massimiliano Allegri venceu a Roma por 1 a 0 em um equilibrado confronto no Allianz Stadium. Benatia marcou o único gol da partida, válida pela 18ª rodada da competição.

O resultado levou a Juventus aos 44 pontos, um a menos que o líder Napoli. A Roma tinha a chance de empatar com a equipe de Turim na tabela, mas manteve os 38 pontos que tinha antes do início da rodada e se distanciou dos líderes da competição.

A Juventus necessitava da vitória para permanecer na cola do Napoli, que venceu a Sampdoria mais cedo e havia desgarrado provisoriamente na ponta do italiano. Contra a quarta colocada da competição, a equipe de Turim encontrou um adversário que jogou de igual para igual e por momentos foi superior em campo.

Apesar do equilíbrio, foi o time da casa quem abriu o placar aos 18min, após uma cobrança de escanteio. Na jogada, no entanto, a Juventus precisou de três finalizações consecutivas para balançar as redes, pois o brasileiro Alisson defendeu uma cabeçada de Chiellini e, na sequência, um primeiro chute de Benatia. Parada, a zaga da Roma deixou o defensor da Juventus ficar com o rebote novamente, dessa vez com o goleiro caído, sem chances de defesa.

A Roma tentou a reação, mas encontrou dificuldades para superar a defesa dos anfitriões, bem postados e com Szczesny em noite inspirada. A melhor chance do time da capital veio aos 35min do segundo tempo, em um lançamento despretensioso para a área da Juventus. De Rossi alçou a bola na área, Alex Sandro e Chiellini se confundiram e Florenzi deu um leve desvio, acertando o travessão adversário.

Szczesny ainda salvou a Juventus nos acréscimos, após sua defesa entregar bola nos pés de Schick. Cara a cara com o goleiro, o atacante da Roma perdeu a última oportunidade de empatar perto do apito final.

Alex Sandro e Alisson foram os únicos brasileiros em campo

Apesar de ter oito jogadores do Brasil terem ido para a partida, apenas dois entraram em campo. Os selecionáveis Alisson, da Roma, e Alex Sandro, da Juventus, foram titulares de suas respectivas equipes e tiveram boas atuações.

O goleiro titular da seleção foi seguro e defendeu tudo que estava em seu alcance. No primeiro gol da Juventus, Alisson fez dois milagres e acabou vazado quando não tinha mais condições de evitar um gol. Na etapa complementar, o ex-jogador do Inter salvou os visitantes do segundo gol em uma finalização à queima-roupa de Matuidi.

Já o lateral esquerdo mostrou competência ofensiva e defensiva na formação com três zagueiros de Maximiliano Allegri. Como ala, Alex Sandro apareceu bem no ataque e foi seguro na retaguarda. A maior parte dos ataques da Roma surgiu pelo outro lado do campo, onde Cuadrado cuidou da ala.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos