Time turco se sensibiliza com crise financeira de Eboué e oferece emprego

Do UOL, em São Paulo

  • Hamish Blair/Getty Images

    Emmanuel Eboué, ex-Galatasaray, recebeu oferta para trabalhar na base do clube

    Emmanuel Eboué, ex-Galatasaray, recebeu oferta para trabalhar na base do clube

O Galatasaray se sensibilizou com o atual momento do ex-lateral Emmanuel Eboué e ofereceu emprego para trabalhar nas categorias de base. A informação é do "Mundo Deportivo". Ex-jogador do time turco, Eboué perdeu bens após processo de divórcio e hoje vive de favores, às vezes dormindo no chão da casa de amigos.

Segundo a publicação, Eboué recebeu emprego para atuar como auxiliar técnico da equipe Sub 14 do Galatasaray.

O marfinense fez sucesso defendendo o Arsenal. Depois de deixar o time inglês, em 2011, Eboué passou pelo Galatasaray. Os problemas para Eboué começaram em março de 2016, quando defendia o Sunderland. Na época, o lateral foi punido pela Fifa por não pagar o seu agente. Desde então, não voltou a jogar.

Pouco depois, Eboué entrou num desgastante processo de divórcio na Inglaterra, em que a ex-mulher acabou ficando com seus bens. Nas últimas semanas, o ex-jogador vem se escondendo de oficiais de Justiça para não ter que transferir sua casa no norte de Londres para a mãe de seus filhos. O africano não tem contato com as três crianças desde junho passado.

Getty Images
Pelo Arsenal, Eboué esteve em campo na final da Liga dos Campeões de 2006

Em entrevista tocante ao jornal inglês "Daily Mirror", Eboué admite que vem lidando com pensamentos suicidas nos últimos tempos, mas alega que tenta se manter forte diante das dificuldades. Além da questão do divórcio, o ex-jogador recentemente perdeu um avô que o criou, vítima de câncer, e um irmão, morto em um acidente de moto.

"Eu quero que Deus me ajude. Só ele pode ajudar a manter esses pensamentos longe da minha mente", declarou o ex-lateral do Arsenal.

Eboué foi titular do Arsenal numa das partidas mais importantes da história do clube, na final da Liga dos Campeões de 2006 contra o Barcelona – em jogo vencido pelos espanhóis de virada. Ao todo, o marfinense atuou por sete temporadas na Premier League, acumulando milhões de libras e desfrutando de uma vida de luxo, mansão e carros extravagantes.

Na entrevista ao "Daily Mirror", o ex-jogador do Arsenal alega ter sido ingênuo durante a carreira, deixando a administração do dinheiro a cargo da ex-esposa. Atualmente Eboué diz que se desloca apenas de ônibus e que não tem dinheiro nem para lavar as roupas.

Hoje em dia Eboué passa a maior parte de seu tempo na casa do norte de Londres, sozinho, à espera dos oficiais de Justiça.

"Às vezes eu apago as luzes para não saberem que estou aqui dentro. Eu coloco tudo atrás da porta", afirmou o ex-lateral da seleção da Costa do Marfim.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos