"Neymar está praticamente no mesmo nível de Cristiano Ronaldo", diz Mbappé

Do UOL, em São Paulo

  • AFP

    Neymar e Mbappé se cumprimentam após gol do brasileiro pelo PSG

    Neymar e Mbappé se cumprimentam após gol do brasileiro pelo PSG

Se Cristiano Ronaldo acaba de ser eleito o melhor do mundo, Neymar está perto de alcançar o nível do português. Essa é a opinião de Kylian Mbappé, companheiro do brasileiro no Paris Saint-Germain, que fez elogios ao camisa 10 e tratou de desmentir sua fama de egoísta.

"Neymar para mim é muito parecido e está praticamente no mesmo nível de Cristiano. As pessoas que olham de fora veem em campo um Neymar que ele não é. As pessoas o veem fazendo aqueles dribles e acham que ele só pensa em se divertir, que ele é egoísta, que ele só pensa nele. Mas quando você divide o vestiário com ele, percebe que não existe nada disso. Ele é realmente uma pessoa gentil, que se aproxima e se interessa pelos demais, muito amigável e que joga em primeiro lugar para o time", elogiou Mbappé, em entrevista ao jornal espanhol "Marca".

"É verdade que seu futebol é o drible, ele é um driblador, e você não vai pedir para que ele pare de fazer isso porque ele faz muito bem. Não há quem drible como ele nessa parte do jogo, ele é um jogador que pode nos fazer ganhar títulos e nós temos que aproveitá-lo", completou.

Com Mbappé e Neymar, o PSG vai enfrentar Cristiano Ronaldo e Real Madrid pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O francês admitiu que o português esteve entre seus ídolos, mas afirmou que vai à Espanha ignorando a lembrança.

"Sim, claro, ele é um ídolo da minha infância, e foi bom encontrá-lo quando visitei Valdebras. Mas sou um competidor, e uma pessoa competitiva quer vencer, vencer e vencer. Portanto, não importa quem esteja na nossa frente, o que queremos é vencer. Eu o amava quando era pequeno, mas acabou. Agora vou ao Bernabéu para jogar e vencer", disparou.

A parceria de Mbappé e Neymar com Cavani tem feito sucesso na temporada. No entanto, na opinião do francês, não adianta ter um ataque poderoso se isso não se traduz em vitórias e títulos.

"Nós, honestamente, não pensamos nisso, não pensamos em ser o melhor ataque do mundo, e sim a melhor equipe do mundo. O que queremos é ganhar, somos competitivos. É bom que possamos ser o melhor ataque do mundo, mas isso não garante nada. É verdade que é bom ter um bom atacante, mas você tem que vencer", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos