Botafogo reformula futebol, mas segue empacado no mercado da bola

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

Botafogo reformula futebol, mas segue parado no mercado da bola

O Botafogo demorou a definir situações de importantes peças no departamento de futebol e viu o planejamento atrasar. Após saídas do técnico Jair Ventura e do diretor executivo Antônio Lopes, o Alvinegro decidiu pela efetivação de Felipe Conceição como técnico e pelo retorno de Anderson Barros como dirigente.

Além disso, o Botafogo se vê em compasso de espera na negociação de Bruno Silva, que tem tudo acertado com o Cruzeiro - falta definir a data do pagamento. O Alvinegro quer o dinheiro até o dia 4 de janeiro e promete só liberar o volante com dinheiro em mãos. Os mineiros, por sua vez, querem pagar dia 10 e ter o atleta já a partir da reapresentação, no dia 4.

Neste cenário, o Botafogo se vê em situação nada confortável no mercado da bola. Sem dinheiro, o Alvinegro também ainda não tem convicção sobre as peças que terá que buscar no mercado. Se Bruno Silva realmente sair, o Alvinegro terá que repor. Por outro lado, não teria que se preocupar com o atacante de velocidade já que Roni será envolvido na troca pelo volante.

Outras posições, no entanto, não precisam de espera. A lateral esquerda, por exemplo, terá apenas Gilson, que renovou contrato nessa semana. Outra peça é esperada. Mesmo caso é o camisa 9. Após a saída de Roger, o Botafogo negociou com Rafael Moura e Gilberto, mas não fechou com nenhum dos dois.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos