Grêmio quer dinheiro e titular do Cruzeiro para liberar Edilson

Jeremias Wernek e Thiago Fernandes

Do UOL, em Porto Alegre e Belo Horizonte

  • Ricardo Rímoli/AGIF

    Campeão da Libertadores pelo Grêmio, Edilson está na mira do Cruzeiro

    Campeão da Libertadores pelo Grêmio, Edilson está na mira do Cruzeiro

O Grêmio admite liberar Edilson, 31 anos, ao Cruzeiro. Mas para fechar acordo o Tricolor quer ser bem recompensado e já indicou suas condições. O plano na Arena é receber uma compensação financeira e mais um jogador considerado importante no elenco dirigido por Mano Menezes. A lista celeste com nomes à disposição não agradou.

A listagem incluía nomes como Élber, Alisson, Rafael Marques e Sassá.

Nas conversas entre Grêmio e Cruzeiro já existem cenários descartados. Um deles é com envolvimento de De Arrascaeta ou Thiago Neves. O outro é a saída de Edilson apenas por uma quantia financeira.

Entre Cruzeiro e Edilson já existe acerto e a investida forte do time mineiro faz o Grêmio procurar um negócio positivo. O plano original do clube gaúcho era ficar com o lateral direito, tanto que na arrancada das tratativas havia otimismo na permanência do camisa 2.

Edilson terminou 2017 como titular absoluto do time campeão da Libertadores e sendo um dos líderes do elenco. Ele voltou ao Grêmio no meio do ano passado e assinou contrato válido até maio de 2019.

Os mineiros estão dispostos a avançar na negociação, mas descartam liberar atletas como Thiago Neves e Arrascaeta, pedidos pelos gaúchos. A dupla é considerada crucial no elenco de Mano Menezes. A intenção é enviar outros nomes ao time de Renato Portaluppi.

Em relação ao dinheiro pretendido pelo Grêmio, o clube de Belo Horizonte admite uma compensação financeira no acordo. Entretanto, aguarda a entrada de recursos no caixa para firmar contratações que demandam investimento.

O Cruzeiro só poderá utilizar recursos próprios a partir de 10 de janeiro, quando receberá os primeiros pagamentos de 2018. A situação é idêntica ao caso de Bruno Silva. Os mineiros prometem pagar R$ 4 milhões à vista ao Botafogo a partir da data.

Edilson é o nome predileto da diretoria do Cruzeiro desde a negativa de Rafinha. O lateral direito optou por permanecer no Bayern de Munique em 2018 e frustrou os planos da Raposa. O Palmeiras também sonhava com a sua contratação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos