Perto de Conti, Atlético-MG investe alto em zagueiro pela 1ª vez após Réver

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Divulgação

    Germán Conti reforça o Atlético-MG em 2018

    Germán Conti reforça o Atlético-MG em 2018

O Atlético-MG volta a investir na chegada de um zagueiro após quase oito anos. Os mineiros pagarão 3,5 milhões de euros (R$ 13,57 milhões) por Germán Conti, atualmente no Colón, da Argentina. A última vez que o clube pagou por um atleta da função foi em julho de 2010.

Réver custou 3 milhões de euros aos cofres do Galo. O zagueiro foi contratado junto ao Wolfsburg, da Alemanha. O Banco BMG foi parceiro do Galo em sua aquisição. Desde então, nenhum defensor sequer demandou alto investimento do clube de Belo Horizonte.

Leonardo Silva, contratado em janeiro do ano seguinte, chegou gratuitamente à Cidade do Galo. O atleta vinha de um problema clínico na Toca da Raposa II e optou pela mudança. Luiz Eduardo chegou em fevereiro de 2011 a pedido do então técnico Dorival Júnior. O defensor trocou o Mogi Mirim pelo Galo de forma gratuita.

Em 2012, Rafael Marques foi o único reforço para o sistema defensivo. O atleta que, hoje, defende o Vasco foi para Belo Horizonte ao término do vínculo com o Grêmio.

Gilberto Silva fez o mesmo caminho de Rafael Marques em 2013. O pentacampeão mundial se sagrou um dos melhores do Brasileirão 2012 pelo prêmio Bola de Prata e optou pela volta à Cidade do Galo.

Sem contrato após passagem pelo Seongnam IC, da Coreia, Edcarlos foi um pedido de Paulo Autuori. O então técnico tinha confiança no atleta que comandou no São Paulo, durante a conquista do Mundial de 2005.

Otamendi foi um reforço de peso para o sistema defensivo em 2014. O argentino, contudo, chegou à Cidade do Galo por empréstimo. Vendido do Porto ao Valencia após a janela de janeiro, o argentino foi emprestado gratuitamente aos mineiros para a disputa da Copa Libertadores da América.

Indicado por Levir Culpi, Tiago chegou ao Atlético-MG de forma gratuita. O zagueiro defendia o Caxias do Sul e encerraria o seu contrato com o clube. Os gaúchos optaram pela liberação, mantendo parte de seus direitos. O acordo ocorreu em agosto de 2014.

O Galo voltou a buscar um atleta para o setor defensivo somente em 2016. Frickson Erazo chegou após rescindir o contrato com o Grêmio. O acordo ocorreu em janeiro. Em junho, foi a vez de Ronaldo Conceição. O atleta quebrou o acordo com o Peñarol, do Uruguai, para defender o Galo.

Matheus Mancini, liberado pelo Botafogo-SP, e Felipe Santana, que chegou à Cidade do Galo após oito meses, foram reforços de 2017. A dupla não demandou gastos à cúpula comandada por Daniel Nepomuceno.

Quase oito anos mais tarde, o clube volta a investir em um zagueiro. Germán Conti é o escolhido.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos