Ex-goleiro do Corinthians vai comandar time paraguaio na Libertadores

Do UOL, em São Paulo

  • Mauro Horita

    Bobadilla esteve no Corinthians entre julho e dezembro de 2010, mas não jogou

    Bobadilla esteve no Corinthians entre julho e dezembro de 2010, mas não jogou

Dono de passagem discreta pelo Corinthians em 2010, quando permaneceu seis meses e não chegou a disputar nenhuma partida oficial, o ex-goleiro paraguaio Aldo Bobadilla segue carreira como treinador em seu país e estará na Copa Libertadores de 2018. O profissional de 41 anos foi anunciado pelo Libertad, que está no Grupo 3 da competição continental, ao lado de Atlético Tucumán (ARG), Peñarol (URU) e The Strongest (BOL).

Bobadilla fez carreira como goleiro somente na América do Sul, com passagens de destaque por Cerro Porteño (PAR) e Independiente Medellín (COL), além de duas edições da Copa do Mundo (2006 e 2010) pela seleção do Paraguai. Ele pendurou as luvas em 2011, no Olimpia (PAR) e já iniciou a carreira como treinador dois anos depois. Ele trabalhou somente em clubes de seu próprio país e vinha comandando a pré-temporada do General Diaz antes de receber o convite do Libertad.

O Libertad também teve conversas com o ex-lateral Francisco Arce, além de Jorge Pautasso e do uruguaio Eduardo Acevedo, mas acabou optando por Bobadilla. A apresentação do novo treinador será na próxima terça-feira, dia 2, e o elenco se reapresenta para a temporada três dias depois. A estreia na Libertadores será em 13 de março, contra o Tucumán.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos