Aposta certa de Carille em 2017, Maycon prevê retomada após descanso raro

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Vorley/AGIF

    Maycon marcou cinco gols com a camisa do Corinthians na temporada 2017

    Maycon marcou cinco gols com a camisa do Corinthians na temporada 2017

O lance emblemático que deu a vitória do Corinthians sobre o Palmeiras no clássico de fevereiro passado teve o volante Maycon como figura essencial. O jovem jogador foi à frente, roubou uma bola quase perdida e deu a assistência para Jô fazer 1 a 0 em Itaquera no jogo considerado por muitos como o divisor de águas na temporada 2017.

Em baixa nos últimos jogos do ano vitorioso, com a perda da titularidade nos cinco duelos derradeiros, Maycon prevê uma retomada em 2018, principalmente no aspecto físico. O volante conseguiu tirar férias depois de dois anos sem descanso - em 2016, ele disputou a Copa São Paulo; no ano seguinte, o Sul-Americano com a seleção sub-20. 

"Não é algo que possa falar que foi só isso, mas colaborou bastante. Para o meu futebol, o físico tem de estar bem. Por tudo que vivi, pode ter atrapalhado um pouco. Mas agora dá para voltar bem", disse Maycon.

Revelado em 2016, o atleta de 20 anos teve chances no profissional com Tite, no primeiro semestre daquele ano. Em julho, porém, o Corinthians decidiu emprestá-lo a fim de deixá-lo mais experiente. "Fui para a Ponte querendo voltar e ser titular, brigar ela titularidade", frisou.

A estratégia deu certo. De volta ao Corinthians, Maycon conseguiu uma vaga entre os 11 ideais do técnico Fábio Carille e sustentou essa posição até a reta final do Campeonato Brasileiro, quando as boas atuações já não eram tão constantes. 

Base em alta

Cria do terrão, Maycon foi apenas mais um jovem jogador aproveitado por Carille. Guilherme Arana virou titular absoluto, assim como ele. Pedro Henrique virou a primeira opção quando Balbuena e Pablo não podiam entrar em campo. Além disso, Pedrinho, Léo Príncipe, Léo Santos também ganharam chances na equipe. 

Para Maycon, a chegada de Osmar Loss, técnico da base até janeiro de 2017, ajudou no processo de amadurecimento das promessas corintianas. O volante também ressalta a importância de Carille, que apostou nos atletas.

"Quando ele integrou o Loss [Osmar] para ser auxiliar, ele já tinha essa ideia de utilizar a base. O Osmar fez muito por nós na base, ele conhecia muito a gente, em todos os fatores. Devo muito a ele [Carille] pela confiança. Ele sabia da minha função e o que eu precisava fazer", afirmou Maycon.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos